Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5903

Title: Degradação de pastagens em regiões de cerrado
Other Titles: Pasture degradation in savanna's regions
???metadata.dc.creator???: Peron, Antônio José
Evangelista, Antônio Ricardo
Keywords: Pastagens
Degradação
Forragicultura
Pastures
Degradation
Forage culture
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Jun-2004
Citation: PERON, A. J.; EVANGELISTA, A. R. Degradação de pastagens em regiões de cerrado. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 3, p. 655-661, maio/jun. 2004.
???metadata.dc.description.resumo???: A degradação das pastagens tem sido um grande problema para a pecuária brasileira, desenvolvida basicamente em pasto. Estima-se que 80% dos 50 a 60 milhões de hectares de pastagens cultivadas no Brasil Central encontram-se em algum estado de degradação, ou seja, em processo evolutivo de perda de vigor, sem possibilidade de recuperação natural e incapazes de sustentar os níveis de produção e qualidade exigido pelos animais, bem como de superar os efeitos nocivos de pragas, doenças e plantas invasoras. Essa degradação é conseqüência de vários fatores que atuam isoladamente ou em conjunto, como, preparo incorreto do solo, escolha errada da espécie forrageira, uso de sementes de baixa qualidade, má formação inicial, manejo inadequado e, principalmente, em razão da não-reposição dos nutrientes perdidos no processo produtivo, por exportação no corpo dos animais, erosão, lixiviação e volatilização ao longo dos anos. A persistência desse processo culmina com a degradação do solo e dos recursos naturais, com prejuízos irrecuperáveis para toda a sociedade.
Abstract: Pasture degradation has been a great problem for Brazilian livestock breeding, developed basically from grassland. It is estimated that 80% out of the 50 to 60 million hectares of grassland grown in Central Brazil lie in some degradation status, namely, in a evolutive process of vigor loss, with no possibility of natural recovery and incapable of supporting yield and quality demanded by the animals as well as of overcoming the harmful effects of pest insects, diseases and weeds. That degradation is a consequence of a number of factors, which act singly or jointly, such as incorrect soil tillage, wrong choice of the forage species, use of low quality seeds and poor initial establishment, inadequate management and chiefly due to the non-replacement of the nutrients lost in the productive process by export into the animals' body, erosion, leaching and volatilization along the years. The persistence of these processes peaks with degradation of soil and of the natural resources with irrecoverable damages to all the society.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000300023
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback