Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5937

Título: Efeito dos tratamentos físicos e químicos no resíduo de lixadeira do algodão
Título Alternativo: Effects of physical and chemical treatments in cotton textile mill waste
Autor(es): Santos, Juliana dos
Castro, Ana Luisa Aguiar de
Paiva, Paulo César de Aguiar
Banys, Vera Lúcia
Assunto: Hidróxido de sódio
Pressão
Vapor
Uréia
Resíduo industrial
Degradability
Sodium hydroxide
Pressure
Steam
Urea
Industrial by-products
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2004
Referência: SANTOS, J. dos et al. Efeito dos tratamentos físicos e químicos no resíduo de lixadeira do algodão. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 4, p. 919-923, jul./ago. 2004.
Resumo: O experimento foi conduzido no Departamento de Zootecnia (UFLA) e no Laboratório de Alimentos (UNIFENAS), com o objetivo de avaliar o valor nutritivo do resíduo de lixadeira do algodão pela composição bromatológica (PB, FDN, FDA) e pela degradabilidade da MS e da FDN. Os tratamentos foram: T1 - in natura (IN); T2 - pressão e vapor (127ºC/1,5 kgf/cm²/35min; PV); T3 - 4% hidróxido de sódio (por 24 horas; NaOH); T4 - 3% uréia (por 28 dias; U); T5 - 4% NaOH + 3% uréia (NaOH/U); T6 - PV + 4% NaOH (PV/NaOH); T7 - PV + 3% uréia (PV/U). Pelos resultados referentes à composição química, conclui-se que os tratamentos associados foram mais eficientes em aumentar o valor nutritivo do resíduo, sendo o tratamento NaOH/U o que apresentou os melhores resultados para PB, FDN e FDA. Os maiores valores para a degradabilidade efetiva da MS foram verificados para o resíduo tratado com PV, U, NaOH/U, PV/NaOH, PV/U, que também apresentaram maior fração solúvel e menor fração insolúvel potencialmente degradável (b). Os tratamentos U, PV/NaOH e PV/U apresentaram as maiores de degradabilidade efetiva da FDN e maior fração solúvel. Os tratamentos associados aumentaram a degradabilidade e o valor nutritivo do resíduo de lixadeira do algodão.
Abstract: The experiment was carried out at the Department of Animal Science of the Universidade Federal de Lavras and at the Food Laboratory at the Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS), with the objective to evaluate the nutritive value of cotton textile mill waste using chemical composition (DM, CP, NDF, ADF) and ruminal degradability of the dry matter and NDF. The treatments were: T1 - in natura residue (IN); T2 - residue submitted to the pressure and steam treated (127ºC/1,5 kgf/cm2/35"; PS); T3 - 4% sodium hydroxide treated residue (four 24 hours; NaOH); T4 - 3% urea treated residue (for 28 days; U); T5 - 4% NaOH +3% urea treated residue (NaOH/U); T6 - pressure and steam + 4% NaOH treated residue (PS/NaOH); T7 - pressure and steam + 3% urea treated residue (PS/U). The results obtained in the chemical composition can allow concluding that combined treatments improved the nutritive value of the residue, as the NaOH/U treatment showed better results of CP, NDF, ADF. In the degradability experiment, it may be concluded that PS, U, NaOH/U, PS/NaOH and PS/U treatments were efficient in increasing effective degradability of DM, also resulted higher dry matter soluble fraction (a) and lower insoluble potentially degradable fraction (b). The treatments U, PS/NaOH and PS/U had higher values of effective degradability of NDF and higher soluble fraction (a). The combined treatments increased the degradability and nutritive value of cotton textile mill waste, and combined treatments with urea had the better results.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000400027
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback