Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5959

Título: Tolerância de sementes de linhagens de milho à alta temperatura de secagem
Título Alternativo: Tolerance of corn lines seeds to high drying temperature
Autor(es): José, Solange Carvalho Barrios Roveri
Pinho, Édila Vilela de Resende Von
Pinho, Renzo Garcia Von
Silveira, César Martoreli da
Assunto: Milho – Sementes – Secagem
Milho – Colheita
Sementes – Maturação
Corn – Seeds – Drying
Corn – Harvesting
Seeds – Maturation
Zea mays
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2004
Referência: JOSÉ, S. C. B. R. et al. Tolerância de sementes de linhagens de milho à alta temperatura de secagem. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 5, p. 1107-1114, set./out. 2004.
Resumo: Cultivares tolerantes a altas temperaturas de secagem proporcionam redução no tempo de secagem, uma etapa crítica no sistema de produção de sementes de milho (Zea mays L.). Nesta pesquisa, foi avaliada a tolerância à alta temperatura de secagem de sementes de linhagens de milho, por meio de testes de germinação e vigor. As sementes foram colhidas manualmente em espigas com teor de água em torno de 35% e secas artificialmente à 45 C até atingirem 11% de teor de água. Em seguida, foram submetidas aos testes de primeira contagem e contagem final de germinação, envelhecimento acelerado, teste de frio sem solo e de condutividade elétrica. Houve diferenças significativas nos valores de germinação e vigor de sementes das diferentes linhagens, sendo então classificadas em tolerantes e intolerantes. Pelos resultados, conclui-se que a sensibilidade das sementes à injúria por secagem à alta temperatura é dependente da linhagem.
Abstract: High drying temperature tolerant cultivars provide a reduction in the drying period, a critical phase of the corn seeds (Zea mays L.) production system. In this research the tolerance of corn lines seeds to high drying temperature was evaluated by the germination and vigor tests. Seeds were handpicked in ears with water content around 35% and dried artificially at 45ºC up to 11% water content. Then, the seeds were submitted to the first and final germination counting tests, accelerated aging, cold test without soil and electrical conductivity. There were significant differences in the germination and vigor values of seeds from different lines, being classified into tolerant and intolerant. The results permitted to conclude that sensitivity of seeds to high drying temperature injury depends on the lines.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000500019
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback