Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5974
Título: Avaliação da qualidade das sementes de Moringa oleifera lam. durante o armazenamento
Título(s) alternativo(s): Evaluation of quality of the drumstick seeds during the storage
Autor: Bezerra, Antonio Marcos Esmeraldo
Medeiros Filho, Sebastião
Freitas, João Batista Santiago
Teófilo, Elizita Maria
Palavras-chave: Moringa oleifera
Germinação
Vigor
Estocagem
Moringaceae
Seeds
Viability
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Dez-2004
Referência: BEZERRA, A. M. E. et. al. Avaliação da qualidade das sementes de Moringa oleifera lam. durante o armazenamento. Ciência e agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 6, p. 1240-1246, nov./dez. 2004.
Resumo: A moringa (Moringa oleifera Lam.; Moringaceae), espécie perene originária do noroeste indiano, que se adapta tanto às condições irrigadas quanto às de sequeiro, pouco exigente em solos e fertilizantes, encontra-se disseminada na região nordeste, particularmente no Ceará, graças à sua utilização na clarificação de águas turvas. A despeito do seu reconhecido valor medicinal e como hortaliça não-convencional rica em vitamina A, ainda carece de estudos que focalizem a viabilidade das sementes durante o armazenamento. Baseado nessa premissa, conduziu-se um ensaio com os tratamentos dispostos num arranjo fatorial 2x4, correspondendo à combinação de dois ambientes (natural e câmara fria) e quatro tempos de armazenamento (0, 6, 12 e 24 meses), segundo um delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. As amostras de sementes correspondentes aos tratamentos investigados foram acondicionadas em garrafa plásticas tipo PET de 600 mL. As variáveis de observação foram: teor de água, germinação, comprimento da raiz, massa seca de plântula e condutividade elétrica. Pela análise dos resultados, evidenciou-se que, aos 12 meses de armazenamento em embalagem plástica sob ambiente natural, as sementes perdem a sua viabilidade, enquanto na câmara aos 24 meses, as sementes apresentam redução na qualidade fisiológica.
Abstract: Drumstick (Moringa oleifera Lam., Moringaceae) is a perennial species originating from the indian northwest that adapts to both irrigated and rain fed crop conditions and it is not very demanding on soils and fertilizers. It is grown in the brazilian northeast, specially in Ceará State, due to its use in clarification of cloudy waters. In spite of its recognized medicinal value and as non conventional vegetable rich in vitamin A no studies focalizing the viability of the seeds during the storage have been done. So, an experiment was carried out treatments arranged in a fatorial 2x4 scheme, corresponding the combination of two environments (natural and cold storage) and four times of storage (0, 6, 12 and 24 months) according to an entirely randomized design with four repetitions. The samples of seeds corresponding to the investigated treatments were conditioned in plastic bottle (PET 600mL). The measuring variables were: water content; percentage of germination; length of root, dry matter of seedling and electrical conductivity. The analysis of the results evidenced that after 12 months of storage in plastic bottles under natural environment, the seeds lose its viability, while under cold storage for 24 months the seeds present a reduction in its quality.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000600004
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.