Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5978

Título: Consumo e utilização de alimento por Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em duas temperaturas
Título Alternativo: Consumption and utilization of food by Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) at two different temperatures
Autor(es): Busato, Gustavo Rossato
Grützmacher, Anderson Dionei
Garcia, Mauro Silveira
Giolo, Fabrizio Pinheiro
Nörnberg, Sandro Daniel
Assunto: Insecta
Dieta artificial
Índices nutricionais
Lagarta-do-cartucho
Artificial diet
Nutritional index
Fall armyworm
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Dez-2004
Referência: BUSATO, G. R. et al. Consumo e utilização de alimento por Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em duas temperaturas. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 6, p. 1278-1283, nov./dez. 2004.
Resumo: Conduziu-se este trabalho com o objetivo de determinar, mediante medidas de consumo e utilização de alimento, a temperatura mais adequada para a criação de Spodoptera frugiperda (J. E. SMITH, 1797) em dieta artificial. Foram individualizadas 50 lagartas em recipientes de vidro de 2,5 cm de diâmetro x 8,5 cm de altura, mantidos a 25 ± 1ºC e 28 ± 1ºC, com umidade relativa de 70 ± 15% e fotofase 14 horas. Foram determinados, com base em matéria seca, o peso seco da lagarta no máximo desenvolvimento, do alimento consumido e das fezes eliminadas, e calculados os índices nutricionais: taxa de consumo relativo (RCR), taxa metabólica relativa (RMR), taxa de crescimento relativo (RGR), digestibilidade aproximada (AD), eficiência de conversão do alimento ingerido (ECI), eficiência de conversão do alimento digerido (ECD) e custo metabólico (100-ECD). Considerando que o peso das lagartas no máximo desenvolvimento foi similar nas duas temperaturas, a 28ºC houve maior ECI e ECD e um menor 100-ECD e, conseqüentemente, as lagartas de S. frugiperda consumiram uma menor quantidade de alimento, reduzindo a duração da fase larval. Assim, em laboratório, a temperatura de 28ºC é a mais adequada para manutenção de S. fru giperda em dieta artificial.
Abstract: The aim of this work was to determine the most suitable temperature for rearing Spodoptera frugiperda (J. E. SMITH, 1797) in artificial diet, by means of measuring food consumption and utilization. Fifty larvae were individualized in glass containers of 2.5 cm in diameter x 8.5 cm in height in climate chamber, at 25 ± 1ºC and 28 ± 1ºC temperature with 70 ± 15% relative humidity and 14 hours of photophase. Based on dry matter, were determined the dry weight of the larvae at maximum development, of the food consumed and of the feces eliminated, and the nutritional ratios were calculated: relative consumption ratio (RCR), relative metabolic ratio (RMR), relative growth ratio (RGR), approximate digestibilidade (AD), efficiency of conversion of ingested food (ECI) and the efficiency of conversion of digested food (ECD). Considering that weight of larvae in maximum development was similar in two temperatures, at 28ºC were a larger ECI and ECD and lower 100-ECD, consequently, the larvae of S. frugiperda consumed a lower amount of food reducing the duration of larval phase. Thus, in laboratory, the temperature of 28ºC demonstrated to be the most appropriate for rearing of S. frugiperda in artificial diet.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000600008
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback