Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5994

Título: Energia metabolizável de ingredientes protéicos determinada pelo método de coleta total e por equações de predição
Título Alternativo: Metabolizable energy of proteics feedstuffs, determined by the total collection excreta and prediction equations
Autor(es): Zonta, Márcia Cristina de Mello
Rodrigues, Paulo Borges
Zonta, Augusto
Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Bertechini, Antonio Gilberto
Fialho, Elias Tadeu
Pereira, Carlos Ribeiro
Assunto: Composição química
Farelo de soja
Frangos de corte
Predição da energia
Soja integral processada
Broiler
Chemical composition
Energy prediction
Meal soybean
Processed soybean
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Dez-2004
Referência: ZONTA, M. C. de M. et al. Energia metabolizável de ingredientes protéicos determinada pelo método de coleta total e por equações de predição. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 6, p. 1400-1407, nov./dez. 2004.
Resumo: Um ensaio metabólico com pintos em crescimento (método tradicional de coleta total de excretas) foi conduzido para determinar a energia metabolizável aparente corrigida (EMAn) de alguns alimentos, bem como a determinação dessa energia por equações de predição descritas na literatura. Determinou-se a EMAn de oito alimentos, sendo cinco amostras de farelos de soja de diferentes marcas comerciais e três amostras de soja integral (extrusada, tostada e micronizada). Os valores estimados pelas equações de predição foram comparados com os observados, utilizando-se a correlação de Spearman e intervalos de confiança obtidos a partir dos valores de EMAn determinados no ensaio metabólico. Os valores energéticos das amostras de farelos de soja 1, 2, 3, 4, e 5, sojas integrais extrusada, tostada e micronizada foram 2601, 2650, 2727, 2500, 2426, 3674, 3609, 4296 kcal/kg de MS, respectivamente, para a EMAn determinada com frangos de corte no ensaio metabólico. Entre as equações estudadas, as equações EMAn = -822,33 + 69,54PB - 45,26FDA + 90,81EE e EMAn = 2723,05 - 50,52FDA + 60,40EE foram as que mais se correlacionaram (P<0,05) com o valor médio de EMAn observada in vivo, além de estimarem o maior número de valores energéticos dentro do intervalo de confiança calculado. A equação EMAn = 37,5PB + 46,39EE + 14,9ENN estimou todas as amostras de farelos de soja, como também a equação EMAn = 1822,76 - 99,32FB + 60,50EE + 286,73MM - 52,26AMIDO fez boas predições para as amostras soja integral, ambas correlacionadas positivamente (P<0,05). Diante dos resultados obtidos, conclui-se que as equações EMAn = - 822,33 + 69,54PB - 45,26FDA + 90,81EE e EMAn = 2723,05 - 50,52FDA + 60,40EE são as mais indicadas para predizer valores de EMAn dos alimentos estudados e a equação EMAn = 37,5PB + 46,39EE + 14,9ENN é a mais indicada para predizer os valores energéticos dos farelos de soja.
Abstract: A metabolism assay were carried out with broilers in growth phase (traditional method of total collection of excreta) to determinate the nitrogen-corrected apparent metabolizable energy (AMEn) of some feedstuffs, as well as the determination of the energy values by prediction equations published in the national and international pappers. It was determined AMEn of eight fedstuffs, five soybean meal samples and three processed full fat samples (extruded, toasted and micronized). The estimated values were compared with observed, using the Spearman correlation and confidence intervals obtained by the metabolic assay. The energy values of soybean meals samples (1, 2, 3, 4 and 5), full fat soybean extruded, toasted and micronized were 2601, 2650, 2727, 2500, 2426, 3674, 3609, 4296 kcal/kg DM, respectively. Among the studied equations, the AMEn = –822,33 + 69,54CP – 45,26ADF + 90,81EE and AMEn = 2723,05 – 50,52ADF + 60,40EE equation correlated (P<0,05) with AMEn mean value observed in vivo, estimating the largest number of energy values inside of calculated confidence intervals. The equation AMEn = 37,5CP + 46,39EE + 14,9NFE estimated all the samples of soybean meal, as well the equation AMEn = 1822,76 – 99,32CF + 60,50EE + 286,73ash - 52,26starch was good for full fat soybean samples, both equations was correlated (P<0,05). The results obtained in this assay, allow us to conclude that the equation AMEn = –822,33 + 69,54CP – 45,26ADF + 90,81EE and AMEn = 2723,05 – 50,52ADF + 60,40EE shoud be used to predict AMEn values of the studied feedstuffs. The equation AMEn = 37,5CP + 46,39EE + 14,9NFE is more indicated for predict the energy values of soybean meals.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000600024
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback