Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/603
Título: Caracterização de espécies homotálicas no complexo Fusarium solani
Autor : Elizei, Virginia Guerra
Primeiro orientador: Pfenning, Ludwig Heinrich
Primeiro membro da banca: Costa, Maria Cristina Mendes
Alves, Eduardo
Dias, Eustáquio Souza
Cardoso, Patrícia Gomes
Palavras-chave: Fusarium solani
Fusariose
Homotalismo
Heterotalismo
Patogenicidade
Homothallism
Heterothallism
Pathogenicity
Data da publicação: 2012
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Referência: ELIZEI, V. G. Caracterização de espécies homotálicas no complexo Fusarium solani. 2012. 51 p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: As espécies pertencentes ao complexo Fusarium solani - FSSC (teleomorfo Haematonectria, Hypocreales, Ascomycota) são agentes etiológicos de várias doenças de plantas de importância agrícola, principalmente na região tropical e sub-tropical. O objetivo desse trabalho foi avaliar a presença de espécies biológicas homotálicas em uma coleção de 238 isolados do tipo Fusarium solani, obtidas de diferentes plantas hospedeiras, por meio de testes de homotalismo e análise filogenética das regiões RPB2 e TEF. Verificou-se ainda se os isolados são patogênicos e mostram especificidade em relação à planta hospedeira. Para o teste de homotalismo, isolados monospóricos foram transferidos para placas de Petri contendo os meios de cultura SNA e meio completo, mantidos em temperatura ambiente por aproximadamente 60 dias, com avaliações semanais. A análise filogenética foi realizada com sequências parciais do gene que codifica o Fator de elongação 1α e segunda maior subunidade da RNA polimerase, incluindo sequências de isolados de referência de diversas espécies pertencentes ao FSSC. Testes de patogenicidade foram realizados em plantas hospedeiras de F. solani como Passiflora edulis, Solanum melongena, Cucumis melo e Pisum sativum. Dezessete isolados foram homotálicos, sendo que nove formam um clado junto com isolados homotálicos de referência conhecidos como Fusarium striatum, representando uma espécie filogenética distinta dentro do complexo Fusarium solani. Os isolados homotálicos não induziram sintomas de podridão radicular em nenhuma das plantas avaliadas, podendo estar associados a plantas como saprofíticos. De acordo com a análise das características morfológicas não foi possível detectar um marcador que diferencie esses isolados de outras espécies do FSSC. Tanto a nomenclatura das formas homotálicas como seu status de fitopatógeno devem ser revisados.
The Fusarium solani species complex - FSSC (teleomorph Haematonectria, Hypocreales, Ascomycota) is an assemblage of pathogens of various plants of agricultural importance, especially in tropical and sub-tropical regions. The objective of this study was to evaluate the presence of homothallic biological species from a collection of 238 isolates of Fusarium solani, obtained from different host plants through homothallism tests and phylogenetic analysis of TEF and RPB2 regions. It was also evaluated if homothallic isolates are pathogenic and show specificity with regard to the host plant. To test for homothallism, single spore isolates were transferred to Petri dishes containing SNA culture medium and complete medium and kept at room temperature for about 60 days with weekly evaluations. Phylogenetic analysis was performed with partial sequences of the gene encoding elongation factor 1α and second largest subunit of RNA polymerase, including sequences from reference strains belonging to several species of the FSSC. Pathogenicity tests were performed on host plants of F. solani such as Passiflora edulis, Solanum melongena, Cucumis melo and Pisum sativum. Seventeen isolates were homothallic, of which nine form a clade together with other homothallic reference strains known as Fusarium striatum, representing a distinct phylogenetic species within the Fusarium solani species complex. The homothallic isolates did not induce symptoms of root rot in any of the plants analyzed, and may be associated to plants as saprophytes. According to the analysis of morphological characteristics no marker which distinguishes the homothallic isolates from other FSSC species could be detected. Both nomenclature of homothallic forms as well as phytopathogen status should be reviewed.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/603
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Caracterização de espécies homotálicas no complexo Fusarium solani.pdf806,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.