Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6032

Título: Avaliação de variáveis fisiológicas em porta-enxertos de videira cultivados em solução nutritiva com a adição de alumínio
Título Alternativo: Physiologic variables evaluation in grapevine roostocks grown in nutritive solution with aluminum addition
Autor(es): Tecchio, Marco Antonio
Paioli-Pires, Erasmo José
Grassi Filho, Hélio
Brizola, Rubem Marcos de Oliveira
Vieira, Cássia Regina Yuriko
Terra, Maurilo Monteiro
Assunto: Vitis
Porta-enxertos
Tolerância
Massa foliar
Crescimento
Rootstocks
Tolerance
Leaf weight
Growth
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2005
Referência: TECCHIO, M. A. et al. Avaliação de variáveis fisiológicas em porta-enxertos de videira cultivados em solução nutritiva com a adição de alumínio. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 29, n. 2, p. 274- 283, mar./abr. 2005.
Resumo: Realizou-se este experimento com o objetivo de avaliar a resposta dos porta-enxertos de videira IAC 313 "Tropical" e IAC 572 "Jales" a diferentes níveis de alumínio em solução nutritiva. A condução do experimento foi realizada em condições de casa-de-vegetação do Departamento de Produção Vegetal/Área de Horticultura, da Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP/Botucatu. Utilizaram-se cinco níveis de alumínio, a saber: 0, 10, 20, 30 e 40 mg L-1. Após a aplicação dos tratamentos, realizaram-se coletas a cada 15 dias para obtenção das variáveis fisiológicas. O delineamento experimental adotado foi o de parcelas subdivididas, inteiramente casualizado e com 3 repetições. Avaliaram-se as variáveis: taxa de crescimento absoluto e relativo, razão de massa foliar e relação parte aérea/raízes. Concluiu-se que o porta-enxerto IAC 572 "Jales", quando submetido ao nível de 10mg Al L-1 na solução, apresentou maior taxa de crescimento absoluto e relativo, e maior redistribuição de massa seca das folhas para o restante da planta, ao passo que o porta-enxerto IAC 313 "Tropical", quando submetido a esse nível de alumínio, apresentou um decréscimo acentuado nessas variáveis.
Abstract: The experiment aimed to evaluate the behavior of the grapevine rootstocks IAC 313 "Tropical" and IAC 572 "Jales" in nutrient solution with different aluminium concentrations. The experiment was conducted in green house conditions of the Vegetal Production Department/Horticulture Sector, of the Faculty of Agricultural Sciences - UNESP/Botucatu. Five aluminium levels were used, as known: 0, 10, 20, 30 and 40mg L-1in the form of AlCl3.6H2O. The samples were colleted every 15 days to obtain the physiologic variables. The experimental design adopted was the subdivided split-plots, fully randomized and with 3 replications. The variables evaluated were: absolute and relative growth rates, leaf weight and aerial parts/root ratio. The IAC 572 "Jales" rootstock, when grown in 10mg Al L-1 in the solution, presented higher absolute and relative growth rates and higher dry matter redistribution from leaves to other plant parts. The IAC 313 "Tropical" rootstock, in the same condition, presented a sharp decrease of these variables.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000200002
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback