Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6059

Título: Enraizamento in vitro e aclimatização em casa-de-vegetação do caquizeiro (Diospyrus kaki L.)
Título Alternativo: Rooting in vitro and acclimatization in greenhouse of japanese persimmon (Diospyrus kaki L.)
Autor(es): Telles, Charles Allan
Biasi, Luiz Antonio
Assunto: Micropropagação
AIB
Sobrevivência de mudas
Fruticultura
Diospyros kaki L.
Micropropagation
IBA
Survival of seedlings
Fruit production
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2005
Referência: TELLES, C. A.; BIASI, L. A. Enraizamento in vitro e aclimatização em casa-de-vegetação do caquizeiro (Diospyrus kaki L.). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 29, n. 2, p. 481-484, mar./abr. 2005.
Resumo: Este trabalho foi conduzido visando a superar as dificuldades de obtenção de mudas de caquizeiro (Diospyrus kaki L.), estudando o enraizamento e aclimatização de plantas provenientes da cultura de tecidos, fases crítica na micropropagação de plantas, por ser difícil o estabelecimento de um protocolo ideal. Foram utilizados segmentos nodais com mais de 1 cm de altura e 2 folhas expandidas, provenientes da organogênese direta, a partir de segmentos radiculares. Testaram-se dois tempos de permanência (5 e 10 dias), em meio de cultura MS com ½ NO3 suplementado com ácido indolbutírico (AIB) em duas concentrações (50 e 100 µM). O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 4 repetições e 12 explantes por parcela. Na aclimatização, as plantas foram acondicionadas em copo plástico com substrato Plantmax ®, cobertos ou não com copo plástico transparente e mantidos em câmara de nebulização com irrigação intermitente durante 40 dias. Os resultados obtidos no enraizamento não diferiram significativamente, obtendo-se até 75% de brotações enraizadas. Na aclimatização, as plantas sem cobertura com copo plástico transparente apresentaram maior sobrevivência, atingindo 47,3%.
Abstract: This work aimed at surpassing the difficulties of attainment of seedlings studing the rooting and acclimatization of plants from tissue culture, these steps very critic in micropropagation of plants, to be difficult the protocol ideal establishment. It were used nodes segments with one cm of height with 2 leaves from direct organogenisis though root segments. Two times of permanence were tested (5 and 10 days), in MS culture com ½ NO3 supplemented with AIB in two concentrations (50 and 100 µM). The experimental design used was entirely randomized, with 4 repetitions and 12 explants per plot. In the acclimatization the plants were conditioned in plastic glass with Plantmax® substratum, with and without covering of the plants with transparent plastic glass, in chamber mist with intermittent irrigation during 40 days after. The results obtained in the rooting did not significantly differ, obtained until 75% of rooted buds. In the acclimatization, the plants which were not coverdwith transparent plastic glass presented greater survival, reaching 47,3%.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000200029
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback