Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6071

Título: Multiplicação in vitro da amoreira-preta 'ÉBANO' em diferentes concentrações de meio MS e BAP
Título Alternativo: In vitro multiplication of blackberry (Rubus sp.) 'ÉBANO' in diferents MS medium concentrations and BAP
Autor(es): Villa, Fabíola
Araújo, Aparecida Gomes de
Pio, Leila Aparecida Salles
Pasqual, Moacir
Assunto: Micropropagação vegetal
Rubus sp.
BAP
Meio de cultura MS
Culture medium MS
Micropropagation
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2005
Referência: VILLA, F. et al. Multiplicação in vitro da amoreira-preta 'ÉBANO' em diferentes concentrações de meio MS e BAP. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 29, n. 3, p. 582-589, maio/jun. 2005.
Resumo: A micropropagação da amoreira-preta pode gerar plantas livres de vírus e em curto espaço de tempo. Com o objetivo de aprimorar técnicas de propagação in vitro de amoreira-preta (Rubus sp.), testaram-se concentrações de meio MS e BAP. Gemas axilares com cerca de 2 cm, de plântulas pré-estabelecidas in vitro da cultivar Ébano, oriunda da Embrapa Clima Temperado/CPACT-Pelotas, RS, foram excisadas e inoculadas em meio MS (0, 50, 100, 150 e 200%), suplementado com concentrações de BAP (0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 mg L-1). O experimento foi inteiramente casualizado, utilizando-se de três explantes por repetição. O pH do meio foi ajustado para 5,8 antes da adição de 6 g L-1 de ágar e da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Após a inoculação, os explantes foram mantidos por 60 dias em sala de crescimento a 27±1ºC, irradiância de 35 µM.m-2.s-1 e fotoperíodo de 16 horas, avaliando-se número de folhas, número e comprimento dos brotos, número de raízes, peso da matéria fresca e seca da parte aérea. Melhores resultados foram obtidos em meio MS 150%, em que foi observado maior número de folhas (7,89) e de brotos (3,99), acrescidos de 1 mg L-1 de BAP. Na ausência de reguladores de crescimento, o número de raízes apresentou melhor desenvolvimento, sem a formação de calos.
Abstract: With the objective to micropropagation the blackberry (Rubus sp.), cv. Ébano, nodal segments of plants in vitro, originated from Embrapa Clima Temperado/CPACT-Pelotas, RS, were inoculated in MS culture medium (0, 50, 100, 150 and 200%), suplemented with different BAP concentrations (0; 0,5; 1,0; 2,0 and 4,0 mg L-1). The pH was adjusted for 5,8 before adding 6 g L-1 agar and before the esterilization at 121ºC and 1 atm for 20 minutes. After the inoculation, the explants were maintained by 60 days, in growth room, 27±1ºC, 35 µM m-2 s-1 and photoperiod 16 hours. The experiment was randomized complete blocks, using three explants by repetition. Better results were obtained with 150% MS medium, where the largest number (7,89) and sprouts (3,99) were observed, added of 1 mg L-1 de BAP. In the absence of BAP the number of roots had presented better development, without the callus's formation.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000300011
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback