Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6091
Título: Doses de adubação nitrogenada e potássica em cobertura na cultura da cana-de-açúcar, primeira soca, com e sem irrigação
Título(s) alternativo(s): Levels of manuring in the sugar-cane crop, first leaf, with and without irrigation
Autor: Moura, Maria Vilian Pereira da Silva
Farias, Carlos Henrique de Azevedo
Azevedo, Carlos Alberto Vieira de
Dantas Neto, José
Azevedo, Hamilton Medeiros de
Pordeus, Roberto Vieira
Palavras-chave: Cana-de-açúcar
Adubação
Irrigação
Açúcar
Álcool
Sugarcane
Manuring
Irrigation
Sugar
Alcohol
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Ago-2005
Referência: MOURA, M. V. P. da S. et al. Doses de adubação nitrogenada e potássica em cobertura na cultura da cana-de-açúcar, primeira soca, com e sem irrigação. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 29, n. 4, p. 753-760, jul./ago. 2005.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de diferentes doses de N e K2O, aplicados em cobertura, no desenvolvimento e rendimento de colmos, açúcar e álcool da cana-soca (Saccharum spp, cultivar SP79 1011) cultivada com e sem irrigação, em área da Destilaria Miriri, município de Capim, PB. O arranjo experimental foi um fatorial 2 x 4 (com e sem irrigação, e quatro doses de adubação de cobertura de N e K2O) com três repetições. A lâmina de irrigação usada, 27,5 mm, foi aplicada em intervalos de irrigação de 12 dias. As adubações de cobertura foram compostas dos elementos N e K2 O aplicando-se respectivamente: AC1 = 44 e 41, AC2 = 86 e 81, AC3 = 157 e 148; e AC4 = 236 e 222 kg ha-1. As interações estudadas regime de irrigação x doses de adubação de cobertura foram não-significativas. Quando submetida à irrigação, a cultura apresentou melhores rendimentos em todas as variáveis avaliadas, exceto peso médio do colmo, quando comparada a não irrigada. Nas parcelas irrigadas, a dose de adubação influenciou significativamente, segundo um comportamento linear positivo, os rendimentos de colmos, açúcar e álcool, enquanto que nas parcelas não irrigadas esse efeito só foi evidenciado no rendimento dos colmos. A máxima dose de adubação de cobertura utilizada no presente trabalho não foi suficiente para se atingir picos máximos de rendimentos, seja no regime irrigado ou não.
Abstract: This research had the objective of evaluating the effect of different manuring levels of N and K2O on the growth and yield of the sugar-cane (Saccharum spp, cultivate SP79 1011) first leaf, cultivated with and without irrigation. The experiment was conducted in the farm of the Miriri distillery, in the municipality of Capim, Paraíba state. The experimental scheme had a factorial type 2 x 4 (with and without irrigation and four levels of manuring of N and K2O) with three replications. The water irrigation depth used, 27.5 mm, was applied in intervals of 12 days. The manurings were composed of the elements N and K2O, in levels based on recommendations of the consultants of the Miriri distillery, equal to AC1 = 44 kg ha-1 of nitrogen and 41 kg ha-1 of potassium, AC2 = 86 kg ha-1 of nitrogen and 81 kg ha-1 of potassium, AC3 =157 kg ha-1 of nitrogen and 148 kg ha-1 of potassium, and AC4 =236 kg ha-1 of nitrogen and 222 kg ha-1 of potassium. When submitted to irrigation, the crop presented better yield in all appraised variables. In the irrigated parcels, the manuring affected significantly, through a positive linear behavior, the production of stems, sugar and alcohol, while in the non-irrigated parcels this effect was shown only for the production of stems. The maximum level of manurring in this work was not enough to get the maximum yield colm peak, using irrigation management or not.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000400006
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.