Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6135

Título: Germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de Moringa oleifera L. em diferentes locais de germinação e submetidas à pré-embebição
Título Alternativo: Seed germination and seedling development of Moringa oleifera L. under different environments and submitted to pre-soaking
Autor(es): Alves, Maria da Conceição Sampaio
Medeiros Filho, Sebastião
Bezerra, Antônio Marcos Esmeraldo
Oliveira, Verônica Cavalcante de
Assunto: Moringa
Embebição
Planta medicinal
Tegumento
Moringa
Pre-soaking
Medicinal plant
Tegument
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2005
Referência: ALVES, M. da C. S. et al. Germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de Moringa oleifera L. em diferentes locais de germinação e submetidas à pré-embebição. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 29, n. 5, p. 1083-1087, set./out. 2005.
Resumo: A moringa é uma árvore nativa da África Tropical, com uso na indústria e na medicina, introduzida no Brasil como planta ornamental. Realizou-se este trabalho com o objetivo de identificar o efeito dos fatores: pré-embebição, presença do tegumento e local de germinação (germinador e casa-de-vegetação) na germinação das sementes e desenvolvimento de plântulas de moringa. Os tratamentos constituíram-se de um esquema fatorial 2 x 2 x 2, representado por dois locais de germinação (casa-de-vegetação e germinador a 25ºC), dois tipos de sementes (com e sem tegumento) e dois períodos de pré-embebição (zero e 24 horas), dispostos em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições e 50 sementes cada um. As médias foram comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. As sementes foram avaliadas por meio da porcentagem, velocidade e tempo médio de germinação e as plântulas pela altura de plântula. As sementes com tegumento apresentam maior percentual de germinação (90%) em relação às sem tegumento (80%); o tempo médio de germinação não sofreu variação quando se comparou as sementes com e sem tegumento. No entanto, esta variável foi influenciada pelo ambiente passando de 7,0 dias em casa-de- vegetação para 9,2 em germinador; a pré-embebição das sementes não afeta o percentual e o tempo médio de germinação de sementes sem o tegumento; a casa-de-vegetação é mais favorável ao desenvolvimento de plântulas de moringa do que o germinador.
Abstract: The moringa tree, a native plant species from tropical Africa, although it has been in introduced in Brazil as an ornamental tree, it can be used for industrial and medicine purposes. The effects of seed pre-soaking, and the presence of tegument during seed germination and the development of moringa seedlings were evaluated in this research. The experimental design consisted of treatments factorially arranged in 2x2x2 represented by two different environments (greenhouse and germinator at 25C), two types of moringa seeds (with and without a tegument) and two seed pre-soaking periods (zero and 24 hours), arranged in a completely randomized design with four replicates of 50 seeds each. The means were compared by Tukey's test at 5% of probability. The moringa seeds were evaluated using values of percentage, velocity and average time of germination and the moringa seedlings were evaluated using seedling height. According to the results, seeds with tegument showed higher germination percentage (90%) then the no-tegument seeds (80%). Although the average time of germination had not been influenced by the presence or absence of tegument, it was influenced by the environment (7.0 days in greenhouse to 9.2 days in germination chamber). The average time and the percentage of germination of no-tegument seeds were not influenced by seed pre-soaking. It follows that: moringa seed germination in a germination chamber overcame germination in greenhouse and greenhouse is better for the development of moringa seedlings than the germination chamber.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000500025
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback