Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6175
Título: Amadurecimento da banana-prata climatizada em diferentes dias após a colheita
Título(s) alternativo(s): Characterization of 'prata' bananas, acclimatized at different time intervals after the harvest
Autor: Silva, Cíntia de Souza
Lima, Luciana Costa
Santos, Haydée Siqueira
Camili, Elisangela Clarete
Vieira, Cássia Regina Yuriko Ide
Martin, Cristhiane da Silva
Vieites, Rogério Lopes
Palavras-chave: Etileno
Qualidade
Musa sp
Ethylene
Quality
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Fev-2006
Referência: SILVA, C. de S. et al. Amadurecimento da banana-prata climatizada em diferentes dias após a colheita. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 1, p. 103-111, jan./fev. 2006.
Resumo: O amadurecimento induzido por climatização em bananas, é um procedimento que tem sido largamente utilizado. Ele proporciona uma maturação uniforme, já que a fruta apresenta maturação desuniforme em vista da formação dos frutos em pencas com diferentes idades. No entanto, não há para todas as cultivares de banana, estudos específicos em relação ao tempo entre a colheita e a climatização que possa afetar a qualidade dos frutos. Desta forma, com o presente trabalho objetivou-se avaliar mediante as características físicas, químicas e fisiológicas a qualidade da banana - prata climatizada em diferentes dias entre a colheita e a climatização. Foram testados três diferentes dias de climatização sendo 1, 2 e 3 dias após a colheita. Ao final da climatização, os frutos foram armazenados em temperatura ambiente por um período de 5 dias. As análises realizadas foram: perda de massa, coloração da casca, respiração, firmeza, pH, sólidos solúveis, acidez titulável e amido. Frutas climatizadas 1 dia após a colheita apresentaram-se, no 1º dia de armazenamento, com menor perda de massa, mais verdes, com maior liberação de CO2, mais firmes, com menores teores de sólidos solúveis e maior porcentagem de amido, quando comparados àqueles climatizados aos 2 e 3 dias após a colheita. Essa diferença foi reduzida com o decorrer do armazenamento praticamente se igualando os tratamentos ao final do armazenamento.
Abstract: The ripening of bananas, as induced by acclimatization, it is a procedure that has been used widely. It provides an uniform maturation, so overcoming the irregular maturation due to the formation of the fruits in bunches with different ages. Nonetheless, there are no specific studies relating the quality of the fruits and the time between the harvest and the acclimatization. In this sense, the present work used the physico-chemical characteristics of the 'prata' bananas to evaluate their quality when submitted to acclimatization at 1, 2 and 3 days after harvest. By the end of the acclimatization, the fruits were stored for 5 days in environmental temperature. The accomplished analyses were: weight loss, coloration of the peel, respiration, texture, pH, soluble solids, titratable acidity and starch. After one day of storage, the fruits which were acclimatized for 1 day after harvest presented smaller weight loss, larger liberation of CO2, smaller contents of soluble solids, larger percentage of starch and were greener and firmer than those acclimatized 2 and 3 days after the harvest. The difference was reduced as the time of storage increased and no significant differences among the treatments were observed after 5 days of storage.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000100015
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.