Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6212

Título: Alterações ligno-anatômicas em Solanum gilo Raddi por aplicação de cálcio e boro como estratégia de defesa
Título Alternativo: Ligno–anatomical alteration in Solanum gilo Raddi for the calcium and boron application as defense strategy
Autor(es): Firmino, Adriana
Abreu, Heber dos Santos
Portugal, Ana Cristina P.
Nascimento, Alexandre Miguel do
Souza, Evandro Lima de
Pereira, Regina Paula Willemen
Monteiro, Maria Beatriz de Oliveira
Maêda, Jorge Mitiyo
Assunto: Lignina
Solanum gilo
peroxidase
Lignin
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2006
Referência: FIRMINO, A. et al. Alterações ligno-anatômicas em Solanum gilo Raddi por aplicação de cálcio e boro como estratégia de defesa. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 3, p. 394-401, maio/jun. 2006.
Resumo: As plantas lenhosas, de maneira geral, possuem alto teor de lignina, podendo alcançar valores entre 25 a 35% em relação a massa seca. Valores normalmente encontrados nas plantas arbóreas. Algumas plantas jovens ou de hábitos de crescimentos inferiores aos arbustivos possuem baixo teor de lignina, neste sentido, buscando superar os atuais níveis de lignificação, foram testados em plantas fatores exógenos de estimulação. Um sistema enzimático complexo é responsável pela formação biossintética dos precursores intermediários da lignina, entretanto as peroxidases são responsáveis pela fase determinante da polimerização na parede celular, cuja atividade foi pressupostamente modificada através da aplicação de cálcio e boro, visando aumentar a resistência da planta aos fatores bióticos e abióticos, entre outros. Para tal, utilizou-se a espécie Solanum gilo (família Solanaceae) cultivar Português como planta experimental sob vários tratamentos, monitorando as aplicações quinzenal e semanalmente, nas formas simples e múltiplas de aplicação de CaSO4, H3BO3, CaCl2 e H3BO3/CaSO4, CaSO4/CaCl2, CaCl2/ H3BO3 e CaSO4/H3BO3/CaCl 2. O tratamento CaSO4/CaCl2, estatisticamente avaliado, induziu às plantas a uma taxa de lignificação equivalente ao teor de lignina de 19%, superando a testemunha que apresentou 14 %. Modificações anatômicas foram também observadas nos elementos de vaso e fibras no que tange ao comprimento, diâmetro e espessura da parede celular. A quantificação da lignina foi realizada segundo o método de Klason. A espectroscopia no infravermelho foi utilizada para análise composicional, revelando a existência de modificação da composição de lignina guaiacílica da planta testemunha (G:S), 1,2:1 para lignina siringílica (G:S), 0,8:1 nas plantas que receberam o tratamento (CaSO4/CaCl2) quinzenal e semanalmente, respectivamente.
Abstract: Normally woody plants present high lignin content, even overcoming 35% from dry weight. Such values are almost found in arboreal plants. However, young plants or plants with lower growth form than tree show low lignin content. In this term, current levels of lignification could be increased by exogenous factor of stimulation. There are complex enzymatic systems responsible for the lignin intermediary precursors formation, however, the peroxidases enzymes have been pointed out as responsible for the lignin polymerization in the cellular wall, whose activity was modified supposedly by calcium and boron application, seeking to increase the plant resistance to the biotic and non biotic factors. The Solanum gilo (Solanaceae family), (Portuguese cultivars) was used as experimental plant according to the several treatments, installed twice (15 days) and once (7 days) for month, in the simple and multiple form to CaSO4, H3BO3, CaCl2 and H3BO3/CaSO4, CaSO4/CaCl2, CaCl2/H3BO3 and CaSO4 /H3BO3/CaCl2 treatments, respectively. The treatment (CaSO4/CaCl2) appraised statistically showed plants with 19% of lignin, overcoming the standard plants that presented 14%. Anatomical modifications were also observed in the vessels and fibers according to the length, diameter and thickness of the cellular wall. The lignin was quantified by Klason method and the compositional analysis was carried out by infrared spectroscopy, (free extractives samples), revealing the existence of compositional modification from guaiacyl lignin in the standard plants (G:S) 1.2:1 to syringyl lignin (G:S) 0.8:1 in the plants that received (CaSO4/CaCl2) twice for month and weekly, respectively.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000300002
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback