Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6216

Título: Efeito do condicionamento osmótico em sementes de Brachiaria brizantha cv. Marandu
Título Alternativo: Effect of osmoconditioning in seeds of Brachiaria brizantha cv. Marandu
Autor(es): Bonome, Lisandro Tomas da Silva
Guimarães, Renato Mendes
Oliveira, João Almir
Andrade, Vinicius de Carvalho
Cabral, Paula de Souza
Assunto: Polietileno glicol
Nitrato de potássio
Condicionamento fisiológico
Glycol polyethylene
Potassium nitrate
Physiological conditioning
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2006
Referência: BONOME, L. T. da S. et al. Efeito do condicionamento osmótico em sementes de Brachiaria brizantha cv. Marandu. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 3, p. 422-428, maio/jun. 2006.
Resumo: A implantação rápida e segura de pastagens por meio de sementes de boa qualidade é condição básica para o sucesso de sua exploração. Com objetivo de contribuir para solução de problemas inerentes às sementes de Brachiaria brizantha, como baixo vigor e desuniformidade de germinação, foi conduzido um experimento, no qual se procurou avaliar o efeito do condicionamento fisiológico nestas sementes. O ensaio, realizado no Laboratório de Análise de Sementes do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras, foi conduzido com diferentes solutos (PEG 6000, KNO3 e PEG 6000 + KNO3), potenciais hídricos (-0,9; -1,1 e 1,4MPa), períodos de condicionamento (12, 24, 48 e 72 horas) e duas testemunhas (presença e ausência de escarificação), sem condicionamento osmótico. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados pelos testes de germinação, índice de velocidade de protrusão radicular e tempo para ocorrência de 50% de germinação. Foi possível concluir que o condicionamento fisiológico promove maior vigor quando as sementes são imersas em solução por um período de 12 horas a potenciais hídricos mais negativos.
Abstract: The fast and safe establishment of pastures by means of high quality seeds is a basic condition to the success of its production. With the purpose of contributing towards the solution of problems inherent to the seeds of Brachiaria brizantha, such as poor vigor and non–uniformity of germination, an experiment was conducted to evaluate the effect of the physiological conditioning on the quality of these seeds. The trial, accomplished in the Seed Analysis Laboratory of the Department of Agriculture of the Federal University of Lavras, was conducted with different solutes (PEG 6000, KNO3 and PEG 6000 + KNO3), water potentials (–0.9; –1.1 and 1.4 MPa), conditioning periods (12, 24, 48 and 72 hours) and two checks (with and without scarification, with no osmoconditioning). The effects of the treatments were evaluated by germination tests, root protrusion velocity index and time to occurrence of 50% of germination. It was possible to conclude that the physiological conditioning promotes greater vigor when the seeds are immersed in solution for a 12 hour period, at more negative water potentials.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000300006
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback