Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6250

Título: Caracterização físico-química de farinhas de mandioca de diferentes localidades do Brasil
Título Alternativo: Phisico–chemical characteristics of cassava flours from different regions of Brazil
Autor(es): Dias, Larissa Tavares
Leonel, Magali
Assunto: Farinha
Mandioca
Composição
Fibras
Classificação
Manihot esculenta
Flour
Cassava
Constituents
Fiber
Classification
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2006
Referência: DIAS, L. T.; LEONEL, M. Caracterização físico-química de farinhas de mandioca de diferentes localidades do Brasil. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 4, p. 692-700, jul./ago. 2006.
Resumo: A farinha de mandioca (Manihot esculenta Crantz) é produzida em diferentes regiões do Brasil e faz parte do hábito alimentar do brasileiro. Caracteriza-se num alimento de alto valor energético, possui teor elevado de amido, contém fibras e alguns minerais como potássio, cálcio, fósforo, sódio e ferro. Entre os diferentes estados, os do Norte e Nordeste consomem quantidades de farinha de mandioca bem maiores que os demais. Frente à importância econômica e nutricional deste produto, com o presente trabalho, objetivou-se caracterizar farinhas de mandioca de diferentes estados do País, esperando com isso fornecer informações referentes à composição e às características físico-químicas do produto, tanto para as indústrias produtoras quanto aos consumidores. Os resultados obtidos mostraram que, quanto à composição centesimal, as farinhas analisadas diferem entre si e entre as regiões produtoras, inclusive para classificações de mesmo grupo e subgrupo. Para proteínas e acidez, as farinhas não estão de acordo com os limites da legislação. As farinhas apresentam teores baixos a moderados de fibras, contudo, devido ao seu amplo consumo, contribui como importante fornecedor de fibras na alimentação. A classificação de algumas farinhas quanto à cor não está de acordo com as análises de seus componentes de cromaticidade.
Abstract: Cassava flours (Manihot esculenta Crantz) are produced in all Brazilian states and it is part of Brazilian alimentary habit. Cassava flour is characterized as high–energy food, with high level of starch, and it contains fibers and some minerals as potassium, calcium, match, sodium and iron. In the North and Northeast regions the consumption of this flour is larger than the others. Due the economical and nutritional importance of the cassava flour the present work had as objective to characterize cassava flours from different Brazilian states aiming to supply industries and consumer with important nutritional and technological characteristics information. The results showed that cassava flours differ to each other and among the producing states to centesimal composition besides to belong to the same classification group. The analyzed flours are not in agreement with the legislation limits for proteins and acidity. For fibers, the cassava flours showed low to moderate levels, but due the high consumption could be considerate as important source of fiber. The flours color analysis showed that commercial classifications of some cassava flours differ of the analytical results obtained.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000400015
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback