Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6275

Título: Intensidade da ferrugem do cafeeiro fertirrigado
Título Alternativo: Intensity of rust on fertirrigated coffee
Autor(es): Miranda, Julio César
Souza, Paulo Estevão de
Pozza, Edson Ampélio
Faria, Manoel Alves de
Santos, Florisvalda da Silva
Barreto, Sarah da Silva
Silva, Mirian de Lourdes Oliveira e
Assunto: Hemileia vastatrix
Coffea arabica
Irrigação
Epidemiologia
Irrigation
Epidemiology
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2006
Referência: MIRANDA, J. C. et al. Intensidade da ferrugem do cafeeiro fertirrigado. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 5, p. 885-891, set./out. 2006.
Resumo: A cafeicultura atual tem adotado novas tecnologias de condução e manejo da lavoura, como a irrigação e fertirrigação, visando aumentar a produtividade e, conseqüentemente, a margem de lucro. Com este trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de lâminas de irrigação e parcelamentos da adubação, via fertirrigação, sob sistema de gotejamento no progresso da ferrugem e produtividade do cafeeiro. Instalou-se o ensaio na área experimental da Universidade Federal de Lavras, MG, com cafeeiros da cultivar Acaiá Cerrado MG-1474 (Coffea arabica L.) de seis anos de idade, em espaçamento de 0,6 x 3,0 m. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos, em esquema de parcela subdividida, foram constituídos por cinco parcelas representando lâminas de irrigação correspondentes aos valores de 0%, 40%, 60%, 80% e 100% da evaporação do tanque Classe "A" (ECA), e três subparcelas com parcelamentos de adubação nitrogenada e potássica em 3, 6 e 9 vezes. Foram avaliadas a incidência e a severidade, a porcentagem de enfolhamento das plantas e a produtividade dos cafeeiros. Verificou-se que a severidade da ferrugem foi influenciada pela interação entre lâminas de irrigação e parcelamentos de adubação. Houve maior severidade da ferrugem no parcelamento em 3 e 9 vezes nas lâminas 0% e 60% ECA.
Abstract: The coffee planting today has been adopting new technologies to manage and manipulate the farming, such as irrigation and fertirrigation, in order to increase productivity and consequently the profits. This work aimed at evaluating the effects of different irrigation depths and fertilizer splitting by fertirrigation under a drip irrigation system on the progress of the rust and productivity in coffee trees. The research was set at the experimental area of The Federal University of Lavras (UFLA), with six-year-old coffee trees cultivar Acaiá Cerrado MG-1474, (Coffea arabica L.) with distance between lines of 0,6 x 3,0 m. The experimental design was developed in randomized blocks with four repetitions. The treatments were formed by five levels of plots representing irrigation depths corresponding to the values of 0%, 40%, 60%, 80% and 100% of evaporation of the Class "A" Tank (ECA), and three subplots of nitrogen and potassium fertilizer splitting in 3, 6 and 9. This work evaluated the incidence and severity rate of rust in leaves, percentage of leaf number increasing and coffee plants productivity. It was verified that the severity of the rust was influenced by the interaction between irrigation depths and fertilizer splitting. There was more severity of the rust in the fertilizer splitting in 3 and 9 using irrigation depths 0% and 60% ECA.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000500010
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback