Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/630

Título: Estrutura da comunidade arbórea e heterogeneidade ambiental em uma floresta ciliar montana na APA da Mantiqueira, em Aiuruoca, MG, Brasil
Autor(es): Torres, Daniel Mendonça
Orientador: Fontes, Marco Aurélio Leite
Membro da banca: Coelho, Flávia de Freitas
Santos, Rubens Manoel dos
Carvalho, Warley Augusto Caldas
Área de concentração: Ciências Florestais
Assunto: Fitossociologia
Mata ciliar
Serra da Mantiqueira
Biologia da conservação
Phytosociology
Mantiqueira mountains
Conservation biology
Riparian forest
Data de Defesa: 2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES
Referência: TORRES, D. M. Estrutura da comunidade arbórea e heterogeneidade ambiental em uma floresta ciliar montana na APA da Mantiqueira, em Aiuruoca, MG, Brasil. 2012. 60 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho avaliar a composição e a estrutura da comunidade arbórea em uma floresta ripária montana e analisar as correlações dessa comunidade com atributos edáficos, físicos e químicos, topográficos e altitudinais. Os fragmentos estudados encontram-se na Área de Proteção Ambiental da Serra da Mantiqueira, na área de influência da futura Pequena Central Hidrelétrica de Aiuruoca, localizada no Alto Rio Grande, município de Aiuruoca, Minas Gerais. Distribuíram-se 30 parcelas de 10x40m (1.2ha), onde foram incluídos todos os indivíduos lenhosos com diâmetro ≥ 5cm, medidos a 1.30cm do solo. Ao todo foram amostrados 2362 indivíduos, pertencentes a 241 espécies de 124 gêneros e 53 famílias. Houve diferença em composição e estrutura entre os habitats de encosta e ciliar. Das 20 espécies mais importantes em VI, apenas Anadenanthera colubrina, Machaerium villosum, Tapirira obtusa e Machaerium brasiliense foram comuns aos dois ambientes. Os índices de Shannon (H´) foram altos, com valores de 4.66 e 4.54 nats/indivíduo, com equabilidades de Pielou (J´) de 0,88 e 0.89. Os parâmetros fitossociológicos encontrados foram similares aos de outros estudos na região e a composição florística comum às matas ciliares do Alto Rio Grande. Foram registrados elementos florísticos raros sensu Oliveira-Filho, como Terminalia januariensis, Ilex breviscuspis, e Ilex sapotifolia, caracterizando estádios avançados de conservação. Embora encontrada grande heterogeneidade ambiental nos atributos de solo e no relevo, acredita-se que os principais atores na estruturação da comunidade vegetal estudada foram os distúrbios de origem natural decorrentes de inundações periódicas.
The objective of this study was to evaluate the composition and structure of the tree community in a montane riparian forest and analyze the correlations of the community with the physical and chemical soil attributes, topographical and altitudinal environmental variables. The fragments studied are in the Environmental Protection Area of the Mantiqueira Mountains, in the area of influence of the future Aiuruoca Small Hydro Power Plant, located in the Upper Rio Grande, Aiuruoca municipality, Minas Gerais. The sample was 30 plots of 10x40m (1.2ha), which included all woody plants ≥ 5 cm diameter, measured at 1.30cm soil. Altogether 2362 individuals were sampled, belonging to 241 species of 124 genera and 53 families. There were differences in composition and structure between the slope and riparian habitats. Of the 20 most important species in VI, only Anadenanthera colubrina, Machaerium villosum, Tapirira obtusa and Machaerium brasiliense were common to both environments. The diversity Shannon index (H ') were high, with values of 4.66 and 4.54 nats/individual, and evenness (J') were 0.88 and 0.89. The phytosociological parameters and floristic composition were similar to other studies in the region common to the riparian forests of the Upper Rio Grande. Floristic elements were recorded as rare sensu Oliveira-Filho, Terminalia januariensis, Ilex breviscuspis and Ilex sapotifolia, featuring advanced stages of conservation. Although found great environmental heterogeneity in the attributes of soil and topography, it is believed that the main actors in structuring the plant community studied were the disturbances of natural origin due to flooding regime.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós Graduação em Engenharia Florestal, área de concentração em Ciências Florestais, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/630
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Estrutura da comunidade arbórea e heterogeneidade ambiental em uma floresta ciliar montana na APA da Mantiqueira, em A.pdf329,49 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback