Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6355

Title: Viabilidade técnica e econômica do cultivo de safrinha do girassol irrigado na região de Lavras, MG
???metadata.dc.creator???: Silva,Mirian de Lourdes Oliveira e
Faria,Manoel Alves de
Reis,Ricardo Pereira
Santana,Márcio José de
Mattioli,Wesley
Keywords: Girassol
irrigação
análise econômica
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Feb-2007
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000100029
Description: Por meio deste estudo de viabilidade técnica-econômica utilizou-se os dados experimentais obtidos na Universidade Federal de Lavras (UFLA), no período de março a julho de 2004, com o objetivo de avaliar as eficiências técnicas e econômicas do cultivo do girassol na região de Lavras, MG, no período de safrinha, em duas situações distintas, sendo uma na condição que o produtor não possui o sistema de irrigação (não irrigante) e outra que o produtor é irrigante e quer decidir de que forma deve conduzir a lavoura. Os dados utilizados foram provenientes de experimentos conduzidos com os tratamentos de lâminas de água referentes à reposição pela irrigação, de 75, 100 e 130% da evapotranspiração estimada para a cultura, num intervalo de dois dias (turno de rega fixo) e a testemunha que não era irrigada, correspondendo, respectivamente, às lâminas de água recebida de 350,84 mm, 428,70, 522,14 e 117,20 mm. Os dados usados na análise foram a produtividade do girassol obtida nos experimentos e os custos da lavoura nas duas condições anteriormente citadas. Para o caso da lavoura irrigada, considerou-se como sistema de irrigação o pivô central e a estimativa dos custos da lavoura foi baseada na teoria dos custos de produção. Os resultados mostraram que houve eficiência técnica, uma vez que a produtividade média para a situação não irrigada (117,2 mm de chuva) foi de 1924,27 kg ha-1 e para a situação de irrigação de 2293,15 kg ha-1, 2564,26 kg ha-1 e 2863,12 kg ha-1, respectivamente para as lâminas de água correspondentes de 350,84, 428,70 e 522,14 mm. Na situação econômica analisada, cujo preço da saca de girassol considerado foi de R$31,80 (junho/2004), recomenda-se para o produtor irrigante a aplicação da lâmina de 522,14 mm de água ao longo do ciclo, mas a persistir tal situação, o produtor poderá entrar em um processo de descapitalização, não repondo parte do capital fixo, tendo que optar por outra alternativa de mercado.
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback