Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6358

Título: Efeito de diferentes doses de enxofre no consumo voluntário e nas populações de protozoários do rúmen de novilhas mestiças alimentadas com capim-elefante de baixa qualidade
Título Alternativo: Effect of different doses of sulfur on voluntary intake of low-quality elephant grass and estimates of ruminal protozoa populations in crossbred heifers
Autor(es): Vidal, Juliana Miacci
Paiva, Paulo César de Aguiar
Arcuri, Pedro Braga
Lopes, Fernando César Ferraz
Zaquini, Leonardo
Assunto: Enxofre
Protozoários ruminais
Consumo voluntário
Sulfur
Ruminal protozoa
Voluntary intake
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Fev-2007
Referência: VIDAL, J. M. et al. Efeito de diferentes doses de enxofre no consumo voluntário e nas populações de protozoários do rúmen de novilhas mestiças alimentadas com capim-elefante de baixa qualidade. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 1, p. 218-222, jan./fev. 2007.
Resumo: O experimento foi conduzido no Campo Experimental de Coronel Pacheco - MG da EMBRAPA Gado de Leite. O efeito de doses de enxofre (sulfato de amônio, 0,15; 0,31; 0,46 e 0,92% de S na matéria verde / dia) na população de protozoários ruminais, foi avaliado utilizando-se quatro novilhas 7/8 Holandês X Zebu, arranjadas em um quadrado latino de 4 x 4. Forneceu-se diariamente capim-elefante de baixa qualidade (76,1% FDN na MS), picado, com correção do teor de PB para 7% com uréia, mais mistura mineral sem enxofre fornecida diretamente no rúmen. Foram feitas amostragens do conteúdo ruminal, uma hora após a alimentação. A estimativa das populações microbianas ruminais foi realizada por microscópica direta. Os resultados foram transformados para logaritmos decimais e avaliados estatisticamente. Não houve diferença significativa entre os tratamentos para microrganismos. O tratamento 0,92%S apresentou o menor consumo de matéria seca e ainda, causou início de intoxicação em dois animais. De acordo com esses resultados, doses de 0,31% de enxofre adicionadas a dieta promoveram o incremento das populações de microganismos ruminais e com isso um maior consumo voluntário.
Abstract: The experiment was carried out in the Experimental Field of Coronel Pacheco belonging to EMBRAPA Dairy Cattle, Minas Gerais. The effects of the doses of sulfur (ammonium sulfate, 0.15%, 0.31%, 0.46% and 0.92%S fresh matter/day) on the ruminal protozoa population was evaluated by utilizing four 7/8 Holstein x Zebu, heifers arranged in 4 x 4 Latin square. Low quality elephant grass (76.1% NDF in DM) , chopped with correction of the CP content to 7% with urea plus a mineral mixture without sulfur given directly into the rumen. Samplings of the ruminal content were done, one hour after feeding. The estimate of the ruminal microbial populations was done by means of the direct microscopy. The results were transformed to decimal logarithm and evaluated statistically. There were no significant differences among the treatments for microorganisms. The 0.92%S treatment presented the least dry matter intake and, in addition, caused start of intoxication in two animals. According to those results, doses of 0.31% of sulfur added to the diet promoted the increase of the ruminal microorganism populations and hence a greater voluntary intake.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000100032
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback