Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6398

Título: Efeitos da inclusão do farelo de sementes de jaqueira Artocarpus heterophyllus Lam.) na ração sobre a produção, pigmentação da gema e umidade fecal em codornas
Título Alternativo: Effect of the addition of jackfruit (Artocarpus heterophyllus Lam.) seeds bran in dietary on the egg production, yolk pigmentation and dropping humidity in japanese quails
Autor(es): Silva, José Humberto Vilar da
Jordão Filho, José
Ribeiro, Marcelo Luís Gomes
Silva, Edson Lindolfo da
Assunto: Alimento alternativo
Codornas em postura
Qualidade de ovos
Alternative feedstuffs
Quails hens
Quality of eggs
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2007
Referência: SILVA, J. H. V. da et al. Efeitos da inclusão do farelo de sementes de jaqueira Artocarpus heterophyllus Lam.) na ração sobre a produção, pigmentação da gema e umidade fecal em codornas. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 2, p. 523-530, mar./abr. 2007.
Resumo: Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito de níveis crescentes do farelo da semente de jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam.) na ração sobre a produção e pigmentação da gema dos ovos e umidade das excretas em 180 codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica). Aos 42 dias de idade, as aves foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado e alimentadas com rações contendo níveis de 0; 2; 4; 6; 8 e 10% do farelo de semente de jaqueira (FSJ). Foram avaliados o consumo de ração, produção de ovos, peso dos ovos, massa de ovos, conversão por massa e por dúzia de ovos, além do peso e da porcentagem de gema, clara, casca, pigmentação da gema dos ovos e umidade das excretas. O aumento do FSJ na ração piorou linearmente (P<0,05) a produção e a conversão alimentar por dúzia de ovos, mas melhorou a pigmentação da gema com a inclusão de até 7,44% de FSJ na ração e elevou a umidade fecal até 4,9% de inclusão do FSJ. A presença do fator antitripsina é uma possível explicação para o pior desempenho das codornas com o aumento do FSJ na ração, portanto, recomenda-se expor as sementes a um tratamento térmico, do contrário o farelo de semente frescas de jaqueira não deve ser incluído na ração de codornas japonesas.
Abstract: An experiment was carried out to evaluate the effect of increase levels of jackfruit (Artocarpus heterophyllus Lam.) seeds bran in diet of japanese quails on egg production, yolk pigmentation and dropping humidity . A total of 180 japanese quails (Coturnix coturnix japonica) with 42 days oold were distributed in a completely randomized design and fed diets with differents levels of 0; 2; 4; 6; 8 and 10% of jackfruit seeds bran (JSB). The variables feed intake, egg production, egg weigh, egg mass, feed egg mass conversion and feed egg dozen conversion as well as the yolk weight and yolk percentage, egg white, egg shell and egg yolk pigmentation. The data shown that increasing JSB in the diets reduced the egg production and higher feed egg dozen conversion lineally (P<0,05). Therefore the egg yolk pigmentation improved up to 7.44% of JSB in the diet and the dropping humidity was higher up to 4.9% of JSB.The presence of antitrypsin factor is a possible explanation for lower performance on the japanese quails fed diets with increase of JSB fresh. In order to solve this problem e, it is recommended to expose the seeds to a thermal treatment, otherwise the jackfruit seed fresh should not be included in the diet for japanese quails.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000200037
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback