Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6422

Título: Parasitismo em Anastrepha sp. (Diptera: Tephritidae) por Aganaspis pelleranoi (Brèthes, 1924) e Dicerataspis sp. (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae)
Título Alternativo: Parasitism of Anastrepha sp. (Diptera: Tephritidae) pupae by Aganaspis pelleranoi (Brèthes, 1924) and Dicerataspis sp. (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae)
Autor(es): Costa, Renildo Ismael Félix
Silva, Cláudio Gonçalves da
Marchiori, Carlos Henrique
Amaral, Bruno Barbosa
Poletti, Maurício Marques
Torres, Lucas Castro
Assunto: Hymenoptera
Figitidae
Controle biológico
Mosca-das-frutas
Parasitóides
Biological control
Fruit flies
Parasitoids
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2007
Referência: COSTA, R. I. F. et al. Parasitismo em Anastrepha sp. (Diptera: Tephritidae) por Aganaspis pelleranoi (Brèthes, 1924) e Dicerataspis sp. (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 3, p. 720-723, maio/jun. 2007.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho conhecer as espécies de parasitóides associados às pupas de Anastrepha sp., em cultivos de goiabeira Psidium guajava L. no município de Lavras - MG. Frutos atacados foram depositados em recipientes plásticos, sobre uma camada de areia fina com 5 cm de espessura, a qual serviu como substrato para a fase de pupa. As pupas foram separadas do substrato pelo método de flutuação, sendo quantificadas e individualizadas em frascos de vidro contendo areia, onde permaneceram até a emergência das moscas adultas ou de seus parasitóides. Foram coletados 190 pupários de Anastrepha sp., dos quais emergiram 38 parasitóides (Hymenoptera: Figitidae), sendo 20 Aganaspis pelleranoi (Brèthes, 1924) e 18 Dicerataspis sp., correspondendo a um parasitismo natural de 20%.
Abstract: The aim of this work was to search about the parasitoids species associated to Anastrepha sp. pupae on guava Psidium guajava L. groves in Lavras, MG - Brazil. Fruits with signs of infestation, including oviposition punctures, were picked and placed in plastic containers, under a layer of thin sand, which was utilized as environment for the pupae phase. The pupae were individualized on glass vials containing sand and the emerged fruit flies or theirs parasitoids were collected. A total of 190 Anastrepha sp. Pupae was obtained from which emerged 38 parasitoids (Hymenoptera: Figitidae), being 20 of Aganaspis pelleranoi (Brèthes, 1924) and 18 of Dicerataspis sp., corresponding to a natural parasitism of 20%.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000300018
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback