Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6479

Title: Análise temporal da permeabilidade da superfície urbana da sub-bacia do córrego centenário em Lavras, MG
Other Titles: Temporal analysis of permeability urban surfaces locaty of the Centenário sub-basin creek in Lavras, MG
???metadata.dc.creator???: Furtini, Marcelo Barbosa
Ferreira, Elizabeth
Sampaio, Fabrício de Menezes Telo
Keywords: Sistema de informações geográficas
Uso do solo
Impermeabilidade
Urbanismo
Geografical information system
Urbanism
Impermeability
Land use
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Aug-2007
Citation: FURTINI, M. B.; FERREIRA, E.; SAMPAIO, F. de M. T. Análise temporal da permeabilidade da superfície urbana da sub-bacia do córrego centenário em Lavras, MG. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 4, p. 1145-1154, jul./ago. 2007.
???metadata.dc.description.resumo???: Nos últimos anos, séries de estudos têm sido realizadas por estudiosos de diferentes áreas para estabelecer os efeitos da urbanização na hidrologia de sub-bacias. O processo de urbanização freqüentemente produz alterações na drenagem da água pluvial. Um SIG com dados cadastrais planaltimétricos e fotografias aéreas permitiram estudar a ocupação em 3 diferentes períodos (1999, 1986 e 1971) na sub-bacia do Centenário, na cidade de Lavras, MG. Objetivou-se com este estudo realizar a análise temporal da permeabilidade da superfície na sub-bacia do Centenário comparando os 3 períodos. A permeabilidade da superfície urbana foi obtida pela análise da ocupação dos quarteirões por área construída ou pavimentada. Os resultados permitiram verificar que a permeabilidade da superfície decaiu de 1971 para 1999. Nestes anos a área urbana cresceu reduzindo a permeabilidade do solo da sub-bacia. Conclui-se que, sendo óbvio que a urbanização causou impactos na sub-bacia, as metodologias utilizadas para essas análises foram muito eficientes para determinar os impactos de superfícies impermeáveis.
Abstract: Over the past years, a series of studies have been undertaken by scientists of different areas, to assess the effects of urbanization on the hidrology of subbasins. The urbanization process has frequently been done alterations on the drainage of pluvial water. A GIS data base containing the cadastral planiltimetric charts and aerial photographies allowed to study the land occupation in three different periods (1999, 1986 and 1971) of the Centenário Subbasin in Lavras city, MG. So, the subject of this study was to realize a temporal analysis of the surface permeability of the Centenário subbasin comparing the three periods. The urban surface permeability was avaibled by the analysis of the city's squares occupation per builted or paved area. The results permitted verify that the surface permeability downed from 1971 to 1999 years. In these years the urban area growed up avoiding the soil subbasin permeability. The conclusion that urbanization caused impacts on the subbasin was obvious, however the methodologies employed for the analysis in this work were too much efficient to determine the impacts of impervious surfaces.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000400030
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback