Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6494

Título: Variabilidade genética de isolados do cogumelo Agaricus blazei por meio de marcadores RAPD
Título Alternativo: Genetic variability of mushroom isolates Agaricus blazei using markers RAPD
Autor(es): Tomizawa, Márcia Mayumi
Dias, Eustáquio Souza
Assis, Leandro José de
Gomide, Plínio Henrique Oliveira
Santos, João Bosco dos
Assunto: Variabilidade
RAPD markers
Cogumelo
Agaricus blazei
Variability
Mushroom
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2007
Referência: TOMIZAWA, M. M. et al. Variabilidade genética de isolados do cogumelo Agaricus blazei por meio de marcadores RAPD. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 4, jul./ago. 2007.
Resumo: Agaricus blazei (Murrill) ss. Heinem. é um cogumelo nativo do Brasil que vem despertando a atenção de vários pesquisadores em todo o mundo, devido às suas propriedades farmacológicas e nutricionais. Este trabalho teve por objetivo, analisar a variabilidade genética de alguns isolados utilizados comercialmente, por meio de marcadores RAPD. Foram analisados nove isolados de A. blazei, provenientes de diferentes regiões do Brasil e, como controle, dois isolados de A. bisporus. Todos eles fazem parte da coleção de fungos do Laboratório de Cogumelos Comestíveis e Medicinais do DBI/UFLA. Diferentes primers aleatórios foram utilizados, gerando um total de 139 bandas polimórficas. Procedeu-se a avaliação de similaridade genética entre os isolados pelo coeficiente de Dice e análise de agrupamento pelo método UPGMA. Os resultados revelaram que dos 9 isolados de A. blazei, 6 (CS1, CS3, CS4, CS6, CS8 e CS9) apresentaram uma alta similaridade genética, sendo considerados isolados de uma mesma origem ou clones. O isolado CS2 foi o que apresentou a maior divergência genética em relação aos demais, seguido dos isolados CS5 e CS7, os quais formaram cada um, um grupo a parte, com médias de 60,6%, 88,7% e 91,3% de similaridade genética, respectivamente.
Abstract: Agaricus blazei (Murrill) ss. Heinem. is a Brazilian native mushroom which has called the attention of several researchers all over the world due to its nutritional and pharmacological properties. The objective of this study was to evaluate the genetic variability of some isolates commercially used, using RAPD markers. Nine isolates of A. blazei were analyzed, from different regions in the country, and two isolates of the A. bisporus, which served as control group. All of them are part of the collection of mushroom of the Edible and Medicinal Mushroom Laboratory of DBI/UFLA. For RAPD analysis, different random primers were used, generating 139 polymorphic bands. The genetic similarity evaluation was proceeded between the isolates by means of Dice coefficient and grouping analysis through the UPGMA method. The results showed that from the 9 isolates of A. blazei, 6 (CS1, CS3, CS4, CS6, CS8 e CS9) have shown a high genetic similarity and these were considered isolates of the same origin or clones. The CS2 was the isolate which showed the higher genetic divergence in relation to the others, followed by the CS5 and CS7, with averages of 60.6%, 88.7% and 91.3% genetic similarity, respectively.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000400045
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback