Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6502

Título: Doses de nitrogênio e potássio na produção de grama esmeralda
Título Alternativo: Nitrogen and potassium rates in the zoysia grass sod production
Autor(es): Godoy, Leandro José Grava de
Villas Bôas, Roberto Lyra
Backes, Clarice
Lima, Claudinei Paulo de
Assunto: Gramado
Adubação nitrogenada
Adubação potássica
Floricultura
Turfgrass
Nitrogen fertilizing
Potassium fertilizing
Floriculture
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2007
Referência: GODOY, L. J. G. de et al. Doses de nitrogênio e potássio na produção de grama esmeralda. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 5, p. 1326-1332, set./out. 2007.
Resumo: O nitrogênio e potássio são os nutrientes requeridos em maiores quantidades pelas gramas e no Brasil não se tem informação da quantidade a ser aplicada para se obter a formação de tapete em menor tempo possível. Dois experimentos foram instalados em vasos em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar o efeito de doses de nitrogênio e de potássio na produção de tapetes de grama esmeralda (Zoysia japonica). O delineamento utilizado para cada experimento foi fatorial com doses de N ou K e épocas de avaliação. Foram aplicadas quatro doses de nitrogênio (0, 200, 400 e 600 kg ha-1) e quatro doses de potássio (0, 100, 200, e 300 kg ha-1). As doses de nitrogênio e potássio foram aplicadas parceladamente em cobertura. O aumento das doses de N influenciou a taxa de cobertura do solo pela grama (TCS) permitindo a formação do tapete com a dose de 408 kg ha-1 de N aos 198 dias após a colheita do tapete anterior, tempo menor quando comparado com as demais doses. A concentração de N na folha e da cor verde da grama foram influenciadas pelas doses de N podendo ser utilizadas para auxiliar na recomendação das doses de N. O aumento das doses de K não influenciou na TCS pela grama, sendo o teor no solo (1,4 mmol c dm-3) suficiente para a produção dos tapetes de grama esmeralda.
Abstract: The nitrogen and potassium are nutrients required in bigger amounts by grasses, and in Brazil there is no information about the amount that must be applied to get sod formation in the shortest lesser possible time. Two experiments were carried out in a green-house, aiming to evaluate the effect of nitrogen and potassium doses on the Zoysiagrass sod production. The design adopted for each experiment was factorial with doses of N or K and times of evaluation. Four nitrogen doses (0, 200, 400 and 600 kg ha-1) and four K2O doses (0, 100, 200, and 300 kg ha-1) had been applied. Nitrogen and potassium doses were applied split doses and topdressed. The soil cover rate by the grass (TCS) was influenced by the increase of nitrogen doses allowing the sod formation with 408 kg ha-1 of nitrogen 198 days after the harvest of the previous sod, shorter time when compared to other doses. The N concentration in the leaf and green color of the grass were influenced by nitrogen doses and could be used to assist in N doses recommendation. The increase of K doses did not influenced in TCS by the grass, the content in the soil (1,4 mmolc dm-3) was enough for the Zoysiagrass sod production.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000500008
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback