Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6509

Título: Metodologia de inoculação de fungos causadores da podridão peduncular em mamão
Título Alternativo: Inoculation methodology's of papaya fruits with fungi causing stem-end-rot
Autor(es): Nery-Silva, Flávia Andrea
Machado, José da Cruz
Resende, Mário Lúcio Vilela de
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Assunto: Carica papaya
Mamão - Pós-colheita
Podridão peduncular
Colletotrichum gloeosporioides
Phoma caricae-papayae
Botryodiplodia theobromae e Fusarium solani
Papaya - Postharvest
Stem-end-rot
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2007
Referência: NERY-SILVA, F. A. et al. Metodologia de inoculação de fungos causadores da podridão peduncular em mamão. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 5, p. 1374-1379, set./out. 2007.
Resumo: A podridão peduncular, uma das principais doenças associadas à pós-colheita do mamão (Carica papaya L.), tem sido pouco investigada no que se refere a aspectos ecológicos e epidemiológicos nas condições brasileiras. Para que estudos sejam conduzidos nas referidas áreas é necessário que se disponham, a priori, de metodologias adequadas que permitam a reprodução dos sintomas dessa doença em condições de laboratório. No presente trabalho, o objetivo foi estabelecer um método de inoculação de frutos de mamão com o intuito de se reproduzir os sintomas da podridão peduncular, por meio de três procedimentos: 1) corte do pedúnculo seguido por deposição de um disco de micélio do fungo; 2) deposição de suspensão de conídios na região do pedúnculo, seguido por ferimento, e 3) aplicação de suspensão de conídios na região peduncular sem ferimento. Foram utilizados os fungos: Phoma caricae-papayae, Colletotrichum gloeosporioides, Botryodiplodia theobromae e Fusarium solani, sendo os frutos inoculados, submetidos a temperaturas de 20 e 25ºC. Os resultados indicaram que não houve efeito das temperaturas testadas no desenvolvimento dos fungos, nos diferentes métodos de inoculação. A maior severidade da podridão peduncular (notas de 1 a 5) foi observada em frutos inoculados pelo método de injeção no pedúnculo, independente do patógeno utilizado. Os fungos C. gloeosporioides e P. caricae-papayae foram os que apresentaram as maiores médias de severidade da doença seguido por B. theobromae e F. solani.
Abstract: The stem-end-rot, one of the major post-harvest diseases in papaya (Carica papaya L.), has not been very well investigated concerning ecological and epidemiological aspects of the Brazilian conditions. So that studies can be developed in the referred to areas, it is necessary to use the right methodologies that allow the reproduction of the symptons of this disease in laboratory conditions. This study aimed to stablish a method for inoculating papaya fruits to reproduce the symptons of the stem-end-rot through tree procedures: 1) cut of the stem followed by deposition of fungal mycelium in agar discs; 2) deposition of the spore suspension into the stem's region followed by injuries, and 3) application of spore suspension in the stem's region without injuries. The inoculation was performed with the fungi P. caricae-papayae, C. gloeosporioides, B. theobromae e F. solani, and inoculated fruits were placed under temperatures of 20º and 25ºC. The results indicate that there were no effects of the tested temperatures in the development of all fungi, in the different methods of inoculation. The highest severity of stem-end-rot (score 1-5) was observed in fruits inoculated by the methods of injection in the stem, independing of the fungus used. The fungi C. gloeosporioides and P. carica-papaya presented the highest levels of severity in the disease followed by B. theobromae and F. solani.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000500015
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback