Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6564

Título: Cinética de inativação da polifenoloxidase e peroxidase de abacate (Persea americana Mill.)
Título Alternativo: Kinetic of inactivation of polyphenoloxidase and peroxidase of avocado (Persea americana Mill.)
Autor(es): Luíz, Rúbia Caroline
Hirata, Talita Akemi Medeiros
Clemente, Edmar
Assunto: Abacate
Polifenoloxidase
Peroxidase
Persea americana
Avocado
Polyphenoloxidase
Peroxidase
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Dez-2007
Referência: LUIZ, R. C.; HIRATA, T. A. M.; CLEMENTE, E. Cinética de inativação da polifenoloxidase e peroxidase de abacate (Persea americana Mill.) . Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 6, p. 1766-1773, nov./dez. 2007.
Resumo: Extratos enzimáticos foram preparados a partir da polpa de abacate (Persea americana Mill.) dos cultivares Quintal, Fortuna e Choquete, em dois estádios de maturação (verde e maduro). A polpa de abacate (150,00g) foi homogeneizada em liquidificador, com 300 mL de solução tampão fosfato de sódio 100mM em pH 7,4 para polifenoloxidase (PPO) e pH 6,0 para peroxidase (POD). A peroxidase ionicamente ligada foi extraída usando solução de NaCl 1,0M, em tampão fosfato de sódio 100mM pH 6,0. Para o estudo da estabilidade térmica, os extratos foram submetidos a temperaturas de 60, 65, 70, 75 e 80ºC e por períodos que variaram de 1 à 10 minutos e a atividade enzimática foi determinada por espectrofotometria (lambda= 395nm para PPO e lambda= 460nm para POD). Pode-se observar que o declínio rápido da atividade das enzimas era maior nos primeiros quatro minutos e após esse período, com o aumento da temperatura e do tempo, a atividade continuou diminuindo, porém de forma mais lenta. A energia de ativação na faixa de temperatura estudada para as porções termolábil e termorresistente, apresentou valores dentro da faixa 12-100 kcal/mol.
Abstract: Enzymatic extracts were prepared from the avocado pulp (Persea americana Mill.), using the cultivars Quintal, Fortuna and Choquete, in two different maturation stages (green and mature avocados). The avocado pulp (150,00g) was homogenized in blender with 300 mL of sodium phosphate buffer 100mM at pH 7.4 for polyphenoloxidase (PPO) and pH 6.0 for peroxidase (POD). The peroxidase ionically bound was extracted using NaCl solution 1.0M in sodium phosphate buffer 100mM pH 6.0. For the study of the thermal stability the extracts were submitted at temperatures of 60, 65, 70, 75 and 80ºC for periods that had a variation from 1 to 10 minutes and the enzymatic activity was determined using a spectrophotometer (l= 395nm for PPO and l= 460nm for POD). It was possible to observe a fast decline of the enzyme activity in the first four minutes, after this period, with the increase of the temperature and time, the activity continued decreasing, however in a slower way. The activation energy in the studied temperature showed for the portions heat labile and heat resistant presented values inside 12-100 kcal/mol.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000600025
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback