Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6588

Título: Caracterização isozimática e atividade de peroxidase em folhas de plantas hiperídrica, intermediária e normal de Bidens pilosa L. mantidas in vitro
Título Alternativo: Isoezymatic characterization and peroxidase activity in leaves of hyperhydric, intermediary and normal plants of Bidens pilosa L. grown in vitro
Autor(es): Oliveira, José Emílio Zanzirolani de
Amaral, Cláudio Lúcio Fernandes
Casali, Vicente Wagner Dias
Assunto: Isozima
Hiperidricidade
Vitrificação
Isoenzyme
Hyperhydricity
Vitrification
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Fev-2008
Referência: OLIVEIRA, J. E. Z. de; AMARAL, C. L. F.; CASALI, V. W. D. Caracterização isozimática e atividade de peroxidase em folhas de plantas hiperídrica, intermediária e normal de Bidens pilosa L. mantidas in vitro. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 1, p. 32-36, jan./fev. 2008.
Resumo: Foram caracterizadas as plantas: hiperídrica, intermediária e normal de um clone de Bidens pilosa mantido em cultivo in vitro por meio de isozimas e da atividade de peroxidase. Empregando-se a eletroforese em géis de amido a 12%, testou-se seis isozimas, sendo detectado polimorfismo em peroxidase e fosfatase ácida, permitindo caracterizar cada tipo de planta. Não houve polimorfismo em fosfogluco isomerase, fosfoglucomutase, glutamato oxaloacetato transaminase e malato desidrogenase. A atividade da peroxidase foi maior nas plantas hiperídricas e intermediárias. Conclui-se que a variabilidade enzimática tem potencial como marcador de hiperidricidade em plantas mantidas in vitro.
Abstract: Activity of peroxidase (EC 1.11.1.7) and isozymes analysis of a Bidens pilosa clone maintained in vitro culture were characterized in hyperhydric, intermediary and normal plants. Electrophorese in starch gels (12%) of six isozymes systems was tested, polymorphisms in peroxidase and acid phosphatase (EC 3.1.3.2) were detected. There was absence of polymorphism in phosphoglucoisomerase (EC 5.3.1.9), phosphoglucomutase (EC 5.4.2.2), glutamate oxaloacetate transaminase (EC 2.6.1.1) and malate dehydrogenase (EC 1.1.1.37). Comparing the activity of peroxidase enzyme, it was higher in hyperhydric and intermediary plants in relation to normal ones. Enzymatic variability is a potential tool as hyperhydricity marker in plants grown in vitro.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000100004
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback