Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6636

Título: Diferentes ambientes e Osmocote® na produção de mudas de tamarindeiro (Tamarindus indica)
Título Alternativo: Different ambient and Osmocote® for growth of tamarind (Tamarindus indica) fruits seedlings
Autor(es): Mendonça, Vander
Abreu, Nildo Antônio Arruda de
Souza, Henrique Antunes de
Teixeira, Glauco Antônio
Hafle, Oscar Mariano
Ramos, José Darlan
Assunto: Leguminosae
Tamarindo
Nutrição
Propagação
Leguminosae
Tamarind
Nutrition
Propagation
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2008
Referência: MENDONCA, V. et al. Diferentes ambientes e Osmocote® na produção de mudas de tamarindeiro (Tamarindus indica). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 2, p. 391-397, mar./abr. 2008.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos de diferentes ambientes e doses de Osmocote® na produção de mudas de tamarindeiro (Tamarindus indica L). Um experimento foi instalado no Pomar da Universidade Federal de Lavras-MG, empregando-se delineamento experimental em blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 4, com quatro repetições e cinco plantas por parcela. Os tratamentos se constituíram dos diferentes ambientes de formação de mudas (casa de vegetação, telado e a céu aberto) e de quatro doses de Osmocote®: 0; 3; 6 e 9 kg m-3 de substrato. Avaliaram-se a altura da muda (cm), comprimento da raiz (cm), número de folhas/planta, matéria seca da parte aérea (g), matéria seca da raiz (g) e a matéria seca total (g). Os resultados demonstraram que o Osmocote® (15-10-10) pode ser recomendado para a formação de mudas de tamarindo, em doses de até 6,0 kg.m-3. O ambiente a céu aberto foi o que proporcionou melhor qualidade às mudas.
Abstract: This work aimed to evaluate the effect of ambient and Osmocote® (15-10-10) doses on the production of tamarind fruits seedlings. An experiment was carried out in a nursery at Universidade Federal de Lavras, Brazil, arranged in a randomized complete block outline and a 3x4 factorial scheme, with four replications and five plants per plot. The treatments were constituted by greenhouse, nursery and exposed sky, using different dosages of Osmocote® (15-10-10) were 0; 3; 6 e 9 kg m-3 of substrate. Seedling growth, height, number of leaves, aerial part, root and total dry matter were evaluated. The results showed that of Osmocote® (15-10-10) can be recommended for the formation of tamarind seedlings, at doses of until 6 kg m-3. Sky exposing was the one which provided better quality to the seedlings.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000200007
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback