Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6640

Título: Épocas de corte e cultivares na composição mineral de feno de soja [Glycine max (L.) Merrill]
Título Alternativo: Cutting periods and cultivars in mineral composition of soybean hay [Glycine max (L.) Merril]
Autor(es): Gris, Cristiane Fortes
Rezende, Pedro Milanez de
Carvalho, Eudes de Arruda
Botrel, Élberis Pereira
Evangelista, Antônio Ricardo
Andrade, Messias José Bastos de
Assunto: Soja
Minerais
Feno
Soybean
Minerals
Hay
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2008
Referência: GRIS, C. F. et al. Épocas de corte e cultivares na composição mineral de feno de soja [Glycine max (L.) Merrill]. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 2, p. 413-419, mar./abr. 2008.
Resumo: Com o objetivo de verificar a influência da época de corte sobre a composição mineral do feno de duas cultivares de soja foi conduzido ensaio em Lavras, MG, ano agrícola 2001/02. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 2 x 5, com três repetições, compreendendo duas cultivares MG/BR46(Conquista) e M-SOY 8400 e cinco épocas de corte (estádios R2, R3, R4, R5 e R6). As épocas de corte influenciaram significativamente todos os nutrientes avaliados, tendo nos acúmulos de P e K sido detectada interação significativa de épocas de corte e cultivares. De maneira geral para todos os nutrientes à medida que se retardaram as épocas de corte observaram-se acréscimos nos acúmulos dos minerais. A cultivar M-SOY 8400 se destacou em relação a cultivar MG/BR46(Conquista) para acúmulo dos nutrientes K e Zn sendo a melhor opção para produção de feno. Em função dos resultados, pode-se inferir que o estádio de desenvolvimento R4 foi o que apresentou a melhor opção de corte para fenação, apresentando os maiores acúmulos de nutrientes, além da possibilidade de se liberar a área mais cedo.
Abstract: The aim of the present investigation was to verify the influence of cutting periods on mineral composition of soybean hay. The experiment was conducted in Lavras, MG, Brazil, in the agricultural year 2001/02, on a typical Dystrophic Latosol. An experimental design in casualized blocks in factorial scheme 2 x 5 with three repetitions was employed, with two soybean cultivars MG/BR 46 (Conquista) and M-Soy 8400, and five cutting periods (stages R2, R3, R4, R5 and R6). Cutting periods have strongly influenced all the evaluated minerals, and significant interaction between cutting times and cultivars have been detected in P and K accumulation. On the whole, as cutting period was delayed, all minerals showed higher accumulation. Cultivar M-Soy 8400 showed higher K and Zn accumulation than MG/BR 46 (Conquista), standing out as the best option for hay production. According to the experimental results, development stage R4 presented the best cutting period for hay production, providing higher mineral accumulation and earlier clearance of harvest area.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000200011
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback