Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6649
Título: Resposta do híbrido de sorgo-sudão à adubação nitrogenada e potássica: composição química e digestibilidade in vitro da matéria orgânica
Autor: Simili,Flávia Fernanda
Reis,Ricardo Andrade
Furlan,Bruna Nucci
Paz,Cláudia Cristina Paro de
Lima,Maria Lúcia Pereira
Bellingieri,Paulo Affonso
Palavras-chave: Gramíneas anuais de verão
proteína bruta
Sorghum bicolor x Sorghum sudanense
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Abr-2008
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000200020
Descrição: A pesquisa foi instalada no Setor de Forragicultura da FCAV/UNESP-Jaboticabal, objetivando avaliar a composição química e a digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO) do híbrido de Sorgo-sudão cv. AG 2501C, no outono e inverno. O manejo da pastagem foi conduzido simulando o sistema de lotação intermitente. O experimento foi desenvolvido de março a setembro de 2002. A forrageira foi submetida a nove tratamentos: três níveis de nitrogênio (100, 200 e 300 kg de N/ha) e três níveis de potássio (0, 80 e 160 kg de K2O/ha), em delineamento experimental em blocos casualizados e parcelas subdivididas. A adubação nitrogenada e potássica não foram significativas para a DIVMO. O nitrogênio influenciou a proteína bruta (PB) com valores de 15,1; 16,4 e 15,7 %, a fibra em detergente neutro (FDN) com valores de 65,3; 65,8 e 64,5% e fibra em detergente ácido (FDA) com 35,5; 37,8 e 39,6% para 100; 200 e 300 kg N/ha. O potássio aumentou significativamente a lignina das plantas. O melhor nível obtido foi 100 kg/ha de nitrogênio, sem potássio.
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.