Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6666

Título: Efeitos da suplementação enzimática e da forma física da ração sobre o desempenho e as características de carcaça de frangos de corte
Título Alternativo: Effects of enzyme supplementation and different phisical forms of diets on performance and carcass characteristics of broilers chicken
Autor(es): Souza, Renata Mara de
Bertechini, Antônio Gilberto
Sousa, Raimundo Vicente de
Rodrigues, Paulo Borges
Carvalho, Júlio César Carrera de
Brito, Jerônimo Ávito Gonçalves de
Assunto: Enzimas exógenas
Carboidrases
Peletização
Polissacarídeos não amiláceos
Exougenous enzymes
Carbohydrases
Pelleting
Non starch polysaccharides
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2008
Referência: SOUZA, R. M. de et al. Efeitos da suplementação enzimática e da forma física da ração sobre o desempenho e as características de carcaça de frangos de corte. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 2, p. 584-590, mar./abr. 2008.
Resumo: Um experimento foi conduzido para avaliar o efeito da suplementação do complexo enzimático Endopower <FONT FACE=Symbol>bÒ</FONT>, composto de a-galactosidase, galactomanase, xilanase e beta-glucanase e da forma física da ração sobre o desempenho e as características de carcaça de frangos de corte. Foram utilizados 1488 frangos de corte machos, distribuídos num delineamento inteiramente casualizado, oito tratamentos e seis repetições. Os tratamentos constituíram-se de rações à base de milho e de farelo de soja, sem adição de enzimas ou com 200 ou 400 g de enzimas por tonelada de ração e duas formas físicas (farelada e peletizada). Dois tratamentos adicionais continham dieta basal farelada com energias do milho e farelo de soja valorados em 2 e 9%, respectivamente e digestibilidade de aminoácidos valorados em 4% para ambos ingredientes, sendo um tratamento sem adição de enzimas e outro com a adição de 200 g por tonelada de ração. O desempenho foi avaliado de 1 a 21 dias e 1 a 42 dias de idade das aves. Houve efeito da suplementação enzimática no consumo de ração, nos dois períodos avaliados (P<0,05), o qual reduziu linearmente. A conversão alimentar melhorou (P<0,05) no período de 1-21 dias. O teor de gordura abdominal aumentou linearmente (P<0,05). Houve interação entre suplementação enzimática e forma física da ração na conversão alimentar (P<0,01) e ganho de peso (P<0,05) no período de 1-42 dias, sendo a forma peletizada sem enzimas a que proporcionou melhor desempenho (P<0,05). O ganho de peso de 1-21 dias e o rendimento de carcaça foram superiores nas aves recebendo ração peletizada (P<0,05). A valoração do milho e do farelo de soja não afetou o desempenho (P>0,05) dos frangos de corte 1-21 dias de idade.
Abstract: A study was conducted in order to verify the effect of enzyme supplementation (Endopower bÒ, based on de a–galactosidase, galactomanase, xilanase e b–glucanase) and feeding different physical forms of diets on performance and carcass yield of broilers from 1 to 42 dais old. A total of 1488 broilers chickens, 8 treatments, 6 replicates and 31 broilers per experimental unit plot were fed with diets based on corn and soybean, with enzyme supplementation 200 or 400g for ton. and without enzymes supplementation and two physical forms (meal and pelleted ). Two additional basal diets with the energetic values of corn and soybean meal valued in 2 and 9% respectively and digestibilidade of amino acids digestibility valued in 4% by using one treatment with no enzyme supplementation and another one with enzyme supplementation of 200g/ton. Two periods 1–21 and 22–42 days old were evaluated. Reduced feed intake were observed in linear way (P<0.05) by the enzyme supplementation (P<0.05) in two periods. Broilers fed diets supplemented showed better feed conversion in the period of 1–21 days (P<0.05). Percentage of abdominal fat increased linearly with the increase of the supplementation level of enzyme (P<0.05). The interaction between enzyme supplementation and physical form was significant (P<0.05) for weight gain (P<0.05) and feed conversion (P<0.01) in the period of 1–42 days old . Pelleted diets showed better weight gain in the 1– 21 days (P<0.05). The pelleted diet improved performance to the broilers fed diets without enzyme supplementation (P<0.05). The carcass yield and weight gain in the period of 121 days were better in broilers fed pelleted diets (P<0.05). ). The valued energetic data of corn and soybean meal shown any difference (P>0.05) on the broiler performance from 1 to 21 days old.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000200037
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback