Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6692
Título: Efeito de espaçamento e densidade de semeadura sobre a produtividade e os componentes de produção da cultivar de arroz BRSMG Conai
Título(s) alternativo(s): Effect of sowing spacing and density on yield and production components of rice cultivar BRSMG Conai
Autor: Carvalho, João Afonso de
Soares, Antônio Alves
Reis, Moizés de Sousa
Palavras-chave: Oryza sativa
Arroz de terras altas
Estande de plantas
Upland rice
Plants of stands
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Jun-2008
Referência: CARVALHO, J. A. de; SOARES, A. A.; REIS, M. de S. Efeito de espaçamento e densidade de semeadura sobre a produtividade e os componentes de produção da cultivar de arroz BRSMG Conai. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 3, p. 785-791, maio/jun. 2008.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho avaliar a resposta da nova cultivar de arroz superprecoce de terras altas BRSMG Conai (Oryza sativa L.) ao efeito dos espaçamentos entre linhas (20, 30 e 40 cm) e das densidades de semeadura (50, 80 e 110 sementes m-1). Foram conduzidos três experimentos: Machado (1ª e 2ª épocas) e Lavras, MG, em 2004/05. Empregou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, no esquema fatorial 3x3, com três repetições. Foram avaliados os componentes de produção de grãos: número de panículas m-2, número de grãos por panícula, porcentagem de grãos cheios e massa de 100 grãos e a produtividade de grãos. Os resultados mostram forte influência de espaçamento e densidade sobre o número de panículas, número de grãos por panícula e produtividade de grãos. Apenas espaçamento exerce pouca influência sobre a porcentagem de grãos cheios e massa de 100 grãos. Já a densidade somente não exerce qualquer influência sobre a porcentagem de grãos cheios, porém, exerce forte influência sobre a massa de 100 grãos. Os componentes da produção mais influenciados pelo espaçamento e densidade são o número de panículas m-2 e o número de grãos por panícula. Em síntese, houve a maximização da produtividade de grãos, para a cultivar BRSMG Conai, no espaçamento de 30 cm entrelinhas, independente da densidade de semeadura. Quanto à densidade, 80 sementes m-1 foi a que mais contribuiu para a produtividade.
Abstract: The objective of this work was to evaluate the response of the new upland super precocious rice cultivar BRSMG Conai (Oryza sativa L.), to the effect of interrow spacing (20, 30 and 40 cm) and sowing density (50, 80 e 110 seeds m-1). Three experiments were conducted: Machado (1st and 2nd times) and Lavras, MG, Brazil, in 2004/05. The experimental design in randomized block in the factorial scheme 3x3 with three replicates was employed. The production components number of panicles m-2, number of grains per panicle, % of filled grains, mass of 100 grains and grain yield were evaluated. The results showed a strong influence of space-density on the number of panicles, number of grains per panicle and yield. Only spacing exerts a little influence on % of filled grains and mass of 100 grains. Density only does exerts no influence on % of filled grains, but it does exert a strong influence on the mass of 100 grains. The production components most influenced by spacing-density are the number of panicles m-2 and the number of grains per panicle. In short, there was a maximization of grain yield in cultivar BRSMG Conai, at 30 cm interrow spacing, regardless of sowing density. As regards density, that of 80 seeds m-1 was the one which most contributed to yield.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000300012
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.