Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6720

Título: Avaliação do potencial de propagação por sementes de capim-elefante hexaplóide
Título Alternativo: Evaluation of the potential of propagation by seed of hexaploid elephant-grass
Autor(es): Souza Sobrinho, Fausto
Lédo, Francisco José da Silva
Pereira, Antônio Vander
Oliveira, Jackson Silva e
Assunto: Pennisetum purpureum
P. glaucum
Germinação de sementes
Melhoramento de forrageiras
Seed germination
Forage breeding
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2008
Referência: SOUZA SOBRINHO, F. et al. Avaliação do potencial de propagação por sementes de capim-elefante hexaplóide. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 3, p. 974-977, maio/jun. 2008.
Resumo: O capim-elefante é uma das gramíneas de maior potencial para produção de leite e carne a pasto. Entretanto, a forma de multiplicação por estacas dificulta a sua maior expansão. O cruzamento interespecífico envolvendo o milheto visa, entre outras coisas, o aumento do tamanho das sementes facilitando a sua propagação. Objetivou-se no presente trabalho, verificar o potencial de germinação de sementes em diferentes progênies de capim-elefante hexaplóide para confirmação da viabilidade de propagação dessa forrageira, por meio de sementes. O experimento foi conduzido na Embrapa Gado de Leite e foram avaliadas 78 progênies de meio-irmãos de capim-elefante hexaplóide. Empregou-se o delineamento de blocos casualizados, com três repetições e parcelas de 100 sementes. Em cada parcela foram realizadas três contagens do número de sementes germinadas, em intervalos de sete dias, para obtenção da porcentagem de germinação das sementes. Observaram-se diferenças significativas entre os tratamentos evidenciando a existência de variabilidade no potencial de multiplicação por sementes das progênies de meio-irmãos de capim-elefante hexaplóide. A amplitude de variação para a porcentagem de germinação das sementes foi de 48,67%. As médias das progênies foram divididas em seis grupos pelo teste de Scott-Knott e as progênies 64, 53, 19, 62, 2, 45, 72, 10 e 77 apresentaram melhor desempenho, com germinação das sementes superior a 35%.
Abstract: Elephant grass is a grass with one of the highest potential for milk and beef production under grazing conditions. However, its utilization is limited due to the dissemination method that uses stems for pasture formation. The interespecific cross with pearl-millet, aims to obtain seeds of bigger size to facilitate the propagation of elephant grass. The objective of this paper was to verify the germination potential of different progenies of elephant grass hexaploid seeds to confirm the viability of this dissemination method. The experiment was carried out at Embrapa Gado de Leite, evaluating 78 half-sib progenies of hexaploid elephant grass in a complete randomized block design with three replications and 100 seeds per experimental unit. Three counting of germinated seeds were done in each experimental unit every seven days. Significant differences were observed between progenies showing the existence of variability in the potential for the dissemination when using seeds originated from half-sib progenies of hexaploid elephant grass. The range of variation for seed germination was 48,67%. The progenies were divided into six groups by the Scott-Knott test and the progenies 64, 53, 19, 2, 45, 72, 10 and 77 presented the best germination rate, with values above 35%.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000300040
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback