Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6726

Title: Ácido giberélico no crescimento inicial de mudas de pessegueiro
Other Titles: Gibberellic acid in the initial growth of peach seedling
???metadata.dc.creator???: Wagner Júnior, Américo
Silva, José Osmar da Costa e
Santos, Carlos Eduardo Magalhães dos
Pimentel, Leonardo Duarte
Negreiros, Jacson Rondinelli da Silva
Bruckner, Claudio Horst
Keywords: Prunus persica
Mudas
Giberelina
Propagação
Seedling
Gibberellin
Propagation
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Aug-2008
Citation: WAGNER JUNIOR, A. et al. Ácido giberélico no crescimento inicial de mudas de pessegueiro. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 4, p. 1035-1039, jul./ago. 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: O emprego de certas práticas culturais são fundamentais para obtenção de mudas de qualidade, com reduzido período de formação. Realizou-se, este trabalho, em casa de vegetação, no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, com o objetivo de avaliar o efeito de cinco concentrações de ácido giberélico (GA3) (0; 50; 100; 150 e 200 mg L-1), no crescimento inicial do pessegueiro. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições, considerando-se como unidade experimental, os quatro recipientes plásticos contendo uma planta cada. Foram realizadas três aplicações de GA3 (60, 80 e 100 dias de cultivo). Nas aplicações, a parte aérea foi molhada inteiramente, utilizando-se 20 ml de solução para cada planta. Aos 130 dias da semeadura, foram analisados: comprimento da parte aérea e da raiz; diâmetro do caule; número de brotações primárias; massa da matéria seca da parte aérea e da raiz. Concluiu-se que o ácido giberélico exerceu efeito sobre o crescimento de pessegueiro, recomendando-se a pulverização de 200 mg L-1. As pulverizações de GA3 não tiveram efeito sobre o diâmetro do caule do pessegueiro.
Abstract: The use of some cultures practices are important for obtain quality seedlings with lowest time production. The work was carried out in a green house, at Viçosa Federal University, Plant Science Department, with the objective to evaluate the effect of five acid giberellic (GA3) concentrations (0; 50; 100; 150 e 200 mg L-1), on the initial growth of peach seedlings. The experiment was done as randomized blocks design, with four replications, where each plot constituted of four plastics recipients. Three GA3 applications were realized (60, 80 and 100 cultivate days). The applications were done at the plants aerial part, using 20 ml of solution for each plant. After 130 days of the sowing, the height and root length, diameter of the stem, number of primary ramifications of the aerial part and mass of the dry matter aerial part and of the dry root, were evaluated. It was concluded that the gibberellic acid application has influence on the growth of peach seedlings, manly the dose of 200 mg L-1. The GA3 application hasn't affect the stem diameter.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000400001
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback