Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6753

Título: Tangerineiras como porta-enxertos para laranjeira 'Pêra'
Título Alternativo: Mandarins as rootstocks for 'Pêra' sweet orange trees
Autor(es): Pompeu Junior, Jorgino
Blumer, Silvia
Pompeu, Georgia Bertoni
Assunto: Tristeza cítrica
Declínio dos citros
Frutas cítricas - Doenças e pragas
Laranja – Enxertia
Tangerina – Enxertia
Citrus blight
Citrus fruits - Diseases and pests
Oranges – Grafting
Tangerine – Grafting
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2008
Referência: POMPEU JUNIOR, J.; BLUMER, S.; POMPEU, G. B. Tangerineiras como porta-enxertos para laranjeira 'Pêra'. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 4, p. 1218-1223, jul./ago. 2008.
Resumo: Laranjeiras 'Pêra' enxertadas em 11 cultivares ou híbridos de tangerineiras foram plantadas em 1988 em Itirapina (SP), num Latossolo Vermelho-Amarelo textura arenosa, no espaçamento 4,25m x 7,5m e conduzidas sem irrigação sob clima Cwa. Tristeza e declínio são endêmicos na região. As tangerineiras 'África do Sul', 'Xienkhouanga', 'Empress', 'Cleópatra', 'Wildt', 117.477 e 'Sul da África', sem diferirem entre si, induziram, em ordem decrescente, as maiores produções de frutos às laranjeiras 'Pêra', no total das quatro primeiras colheitas do experimento. Num total de nove colheitas, as cultivares Xienkhouanga, África do Sul, 117.477, Cleópatra, Empress, Wildt e Szinkon x Tizon, sem diferirem entre si, proporcionaram, em ordem decrescente, as maiores produções de frutos às laranjeiras 'Pêra'. Os porta-enxertos não determinaram diferenças significativas nas características comerciais dos frutos, porém a 'Cleópatra' induziu maturação mais precoce que os demais porta-enxertos. Apenas a 'Szwinkon' x 'Szinkon-tizon' proporcionou a formação de plantas nanicas, com altura inferior a 2,5m. Os dados médios de produção de frutos e de sólidos solúveis, concernentes a três anos consecutivos de colheita, revelaram que as laranjeiras 'Pêra' enxertadas nas tangerineiras 'Xienkhouanga' e 117.477, sem diferir das plantas enxertadas nas cultivares África do Sul, Cleópatra, Empress, Wildt e Szinkon x Tizon, foram significativamente mais produtivas em frutos e em sólidos solúveis que as enxertadas em 'Sul da África', 'Vermelha', 'Muscia' e 'Szwinkon' x 'Szinkon-tizon'. Nenhuma das plantas apresentou sintomas de intolerância à tristeza, ao declínio dos citros ou anel de goma na região de enxertia, considerado sintoma de incompatibilidade entre a copa e o porta-enxerto.
Abstract: 'Pera' sweet orange trees budded either on mandarins or mandarin-hybrids rootstocks were planted in 1988 at 4.25m x 7.5m spacing on a sandy textured Oxisol in Sao Paulo state, Brazil, under Cwa climatic conditions, and managed without irrigation. Tristeza and blight diseases are endemic in the area. Trees on Africa do Sul, Xienkhouanga, Empress, Cleopatra, Wildt and 117.477 cultivars, produced the highest cumulative yields in the first four crops and in the ninth crop. Regardless of the rootstock tested no significant variation on fruit quality was observed, but 'Cleopatra' mandarin induced earlier maturation of fruit than the others roostocks. Only 'Szwinkon' x 'Szinkon-tizon' rootstocks induced dwarfed trees. 'Xienkhouanga', 117.477, 'Africa do Sul', 'Cleopatra', 'Empress', 'Wildt' and 'Szinkon' x 'Tizon' induced the highest fruit and soluble solids production by tree in the 1996-1999 period. No one trees showed symptoms of tristeza, declinio/blight or bud-union-ring symptom of incompatibility.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000400028
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback