Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6764

Título: Efeito da peletização e adição de enzimas e vitaminas sobre o desempenho e aproveitamento da energia e nutrientes em frangos de corte de 1 a 21 dias de idade
Título Alternativo: Effect of pelleting and addition of enzymes and vitamins on the performance and advantage of energy and nutrients in broiler chickens from 1 to 21 days old
Autor(es): Leite, José Laureano Barbosa
Rodrigues, Paulo Borges
Fialho, Elias Tadeu
Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Nagata, Adriano Kaneo
Cantarelli, Vinícius de Souza
Assunto: Aves
Aditivos
Coeficientes de digestibilidade
Forma física
Broiler chickens
Additive
Metabolism assay
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2008
Referência: LEITE, J. L. B. et al. Efeito da peletização e adição de enzimas e vitaminas sobre o desempenho e aproveitamento da energia e nutrientes em frangos de corte de 1 a 21 dias de idade. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 4, p. 1292-1298, jul./ago. 2008.
Resumo: Conduziu-se este experimento para avaliar o efeito da peletização e adição de enzimas e vitaminas sobre o desempenho e aproveitamento da energia e nutrientes, em frangos de corte de 1 a 21 dias de idade. Foram utilizados 350 pintos de corte, COBB, machos, com peso inicial médio de 47g ± 2,5g, em um delineamento inteiramente casualizado, com os tratamentos em arranjos fatorial 3 x 2 (três dietas, com e sem enzimas) sendo que as dietas consistiram de uma ração farelada e duas rações peletizadas,uma com adição de vitaminas e minerais após a peletização e a outra com adição de vitaminas e minerais antes da peletização. O tempo e a temperatura da peletizadora variaram de 05 a 09 minutos e 58ºC a 62ºC, respectivamente. Após esse processo, as rações peletizadas foram trituradas, buscando-se manter a mesma granulometria das rações fareladas. O ensaio de desempenho foi realizado com 10 repetições e o de metabolismo com 5 repetições cada tratamento, em uma densidade de 5 aves por parcela (gaiola). As rações foram formuladas com 95% das recomendações nutricionais e fornecidas às aves com uma restrição alimentar de, aproximadamente, 10% do consumo ad libitum, o qual foi calculado diariamente a partir do consumo médio de um grupo de aves controle, que foram submetidas ao consumo à vontade de uma ração formulada para atender 100% dos níveis nutricionais recomendados. O complexo enzimático utilizado foi o Allzyme Vegpro®, contendo em sua composição as enzimas protease, amilase e celulase, adicionado aos tratamentos seguindo as recomendações do fabricante, de 0,5 kg por tonelada de ração. Aos 21 dias de idade avaliou-se o ganho de peso e a conversão alimentar. Também foram coletadas as excretas, pela metodologia de coleta total de excretas, nos dias 20, 21 e 22, para determinação dos valores energéticos das rações e digestibilidade da gordura e da proteína. Pelos resultados obtidos, observou-se que o ganho de peso, a conversão alimentar, a energia metabolizável aparente corrigida e o coeficiente de digestibilidade do extrato etéreo apresentaram interação significativa (P<0,01), entre dieta e enzimas, onde a dieta peletizada com enzima e com adição de vitaminas e minerais, antes da peletização, apresentaram melhor desempenho. Quanto ao coeficiente de digestibilidade da proteína bruta (CDPB), não houve interação (P>0,05) entre dieta e enzima. Houve efeito significativo (P<0,05) das dietas sobre CDPB e diferença significativa (P<0,05) em relação à adição de enzimas sobre as dietas. Conclui-se que as dietas peletizadas com adição de vitaminas e minerais, antes do processo de peletização, promoveu efeito no desempenho das aves, refletindo positivamente no ganho de peso, na conversão alimentar e nos coeficientes de digestibilidade da proteína bruta, do extrato etéreo e da energia metabolizável aparente corrigida das aves.
Abstract: It was carried out an experiment to evaluate the effect of pelleting and addition of enzymes and vitamins on the performance and advantage of energy and nutrients in broiler chickens from 1 to 21 days old. A total of 350 broiler chickens, COBB, males, were used ( (47g ± 2.5g) in a completely randomized design, with the treatments in a 3 x 2 factorial arrangement (three diets with or without enzymes) and (two diets based on corn and soybean one meal two pelleted , with or without addition of vitamins and minerals after pelleting and the other with addition of vitamins and minerals before pelleting. The time and temperature of pelleting ranged from 5 to 9 minutes and 58ºC to 62ºC, respectively. After this process, the pelleted rations were ground with the same particle size similar to meal rations. In the performance assay were utilized 10 replicates and the of metabolism assay it was with 5 replicates in each treatment with density of 5 chickens per plot (cage). The diets were formulated with 95% of the nutritional recommendations and the chickens were fed with in a feed restriction of 10% from ad libitum intake, which was calculated daily from the average intake of a group of chickens control , which were submitted to ad libitum intake of a diet formulated with 100% of the nutritional levels recommended. The enzyme complex utilized was Allzyme Vegpro®, containing the enzymes protease, amylase and cellulase, which were added to the treatments following the manufacturer's recommendations, of 0.5 kg per ton of ration. At final of 21 days old, weight gain and feed conversion were evaluated. The excreta were collected by the methodology of total collection in the 20, 21 and 22 days to determination of the energetics values of the diets and as well as the ether extract and protein digestibility coefficients. The weight gain, feed conversion, corrected apparent metabolizable energy and coefficient of digestibility of ether extract showed a significant interaction (P<0.01) between diets and enzymes, where the pelleted diet with enzyme and with addition of vitamins and minerals before pelleting presented better performance. Thee coefficient of digestibility of crude protein (CDCP), there was no interaction (P>0.05) between diet and enzyme. There was a significant effect (P<0.05) of the diets on CDCP. There was a significant difference (P<0.05) in relation to the addition of enzymes in the diets. It was concluded that in pelleted rations with addition of vitamins and minerals before pelleting process, showed better chickens performance as well as better coefficients of digestibility of crude protein, ether extract and corrected apparent metabolizable energy of rations of broiler chickens from 1 to 21 days old.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000400039
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback