Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6776

Título: Biologia de Aphis gossypii Glover, 1877 (Hemiptera: Aphididae ) em abobrinha cultivar caserta (Cucurbita pepo L.) em diferentes temperaturas
Título Alternativo: Biology of Aphis gossypii Glover, 1877 (Hemiptera: Aphididae) on squash cultivar caserta (Cucurbita pepo L.) in different temperatures
Autor(es): Leite, Melissa Vieira
Santos, Terezinha Monteiro dos
Souza, Brígida
Calixto, Ana Maria
Carvalho, César Freire
Assunto: Pulgão
Ciclo biológico
Cucurbitaceae
Aphid
Biological cycle
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2008
Referência: LEITE, M. V. et al. Biologia de Aphis gossypii Glover, 1877 (Hemiptera: Aphididae ) em abobrinha cultivar caserta (Cucurbita pepo L.) em diferentes temperaturas. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 5, p. 1394-1401, set./out. 2008.
Resumo: As cucurbitáceas apresentam grande demanda no mercado mundial e uma das principais pragas que atacam essas culturas é o pulgão Aphis gossypii. Assim, objetivou-se estudar aspectos da biologia desse afídeo em função da temperatura na cultivar de abobrinha Caserta (Cucurbita pepo L.). Utilizaram-se discos foliares (2,5cm de ∅) acondicionados, com a face abaxial para cima, em placas de Petri (5cm de ∅) contendo uma lâmina de ágar-água. Em cada placa foi deixada uma ninfa recém-nascida, acompanhandose o seu desenvolvimento ao longo de todo o ciclo de vida, em diferentes temperaturas (18, 21, 24, 27 e 30±1ºC), 70±10% UR e fotofase de 12 horas. O delineamento foi inteiramente casualizado, com 60 repetições. Verificou-se que as temperaturas afetaram o desenvolvimento de A. gossypii. Menor duração do período ninfal e maior produção diária de ninfas foram observadas a 24 e 27ºC. A temperatura de 30ºC provocou efeito deletério, causando 68% de mortalidade na fase ninfal.
Abstract: The cucurbitaceous plants are always on demand in world market and one of the main pests on these crop is the aphid Aphis gossypii. This work aimed to study the biological aspects of A. gossypii on the Caserta (Cucurbita pepo L.) cultivar in different temperatures. To determine the biological aspects of A. gossypii, nymphs were kept on leaf disks (2.5 cm ∅) with the abaxial side up in Petri dishes (5 cm ∅) containing a thin layer of agar-water. Each dish contained one nymph of the first instar of the aphid. The development and the other biological parameters were evaluated in different temperatures (18, 21, 24, 27 e 30±1ºC), 70±10% RH and 12h photophase. The experiments were complete randomized design with 60 replicates. The results showed that the temperature influenced the development of A. gossypii. The shorter nymphal period and higher daily nymph s production were observed at 24 and 27 ºC. The temperature of 30 ºC was deleterius inducing to 68% of mortality at the nymphal stage of A. gossypii.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000500006
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback