Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6824

Título: Condições de trabalho associadas ao uso de agrotóxicos na cultura de tomate de mesa em Goiás
Título Alternativo: Work conditions associated to the use of pesticides in the tomato crop in Goiás
Poisoning for pesticide
Autor(es): Alves, Sueli Martins Freitas
Fernandes, Paulo Marçal
Marin, Joel Orlando Bevilaqua
Assunto: Intoxicação por agrotóxicos
Segurança do trabalho
Exposição aos agrotóxicos
Security of the work
Pesticide exposure
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Dez-2008
Referência: ALVES, S. M. F.; FERNANDES, P. M.; MARIN, J. O. B. Condições de trabalho associadas ao uso de agrotóxicos na cultura de tomate de mesa em Goiás. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 6, p. 1737-1742, nov./dez. 2008.
Resumo: O Estado de Goiás, em 2005 foi o maior produtor de tomate do Brasil. Para garantir a produção e controlar as pragas que atacam essa cultura, o tomaticultor apóia-se em pacotes tecnológicos utilizando a aplicação sistemática de produtos químicos. Objetivou-se, neste trabalho, conhecer o cenário no qual os trabalhadores da cultura de tomate em Goiás estão inseridos. Foram selecionados, por meio de amostragem sistemática, seis municípios: Bonfinópolis, Corumbá de Goiás, Goianápolis, Leopoldo de Bulhões, Pirenópolis e Silvânia. Os dados foram obtidos a partir das visitas de campo realizadas no período de dezembro de 2004 a outubro de 2005 e foram utilizados os seguintes instrumentos: entrevista, questionário proposto aos trabalhadores que manipulam os agrotóxicos e a técnica da observação livre. A partir da análise das informações foi possível concluir que esses trabalhadores estão constantemente expostos aos agrotóxicos e há uma falta de preparo para a manipulação dessas substâncias.
Abstract: In 2005, Goiás state was the greater tomato producer in Brazil. To improve the harvest and to keep the tomato disease under control, the tomato producer makes use of a technological packing kit with systematic application of many chemical substances. The major purpose of this thesis is to describe the daily conditions that the tomato plantation workers are subordinated in Goiás State. The research was obtained through systematic sampling directly in the tomato plantation in a period range from December 2004 to October 2005 in six selected cities: Bonfinópolis, Corumbá de Goiás, Goianápolis, Leopoldo de Bulhoes, Perenópolis, and Silvânia. The data were collected from interview, questionnaire to be answered by the workers that manipulate pesticides, and making register of the facts observed during visitation in the tillage. From the data analysis it is possible to conclude that the tomato tillage workers are exposed for long period of time to the pesticides and they are not prepared to manipulate this kind of chemical substances.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000600009
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback