Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6832
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorNunes, José Luis da Silva-
dc.creatorSouza, Paulo Vitor Dutra de-
dc.creatorMarodin, Gilmar Arduino Bettio-
dc.creatorFachinello, José Carlos-
dc.date2008-12-01-
dc.date.accessioned2015-04-30T13:34:58Z-
dc.date.available2015-04-30T13:34:58Z-
dc.date.issued2015-04-30-
dc.identifierhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542008000600017-
dc.identifier.citationNUNES, J. L. da S. et al. Incremento no desenvolvimento do porta-enxerto de pessegueiro "Aldrighi" por fungos micorrízicos arbusculares autóctones. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 6, p. 1787-1793, nov./dez. 2008.-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6832-
dc.description.abstractThis work aimed to evaluate the influence of three arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) species on the vegetative growth, mineral nutrition and carbohidrate contents on peach rootstocks cv. Aldrighi [Prunus persica (L.) Batsch]. The experimental desing was the one of randomized blocks, with ten plants per plots and four repetitions. Plants inoculated with Glomus etunicatum presented larger stem height, stem diameter, foliar area, fresh and dry shoot biomass, leaf mineral nutrition and carbohidrate contents, while those inoculated with Glomus clarum induced an intermediate growth, higher to those inoculated with Gigaspora margarita that presented results similar to the non inoculated plants. Plant growth performance was related to colonization taxes, which were, respectively, 92%, 77% and 30% to Glomus etunicatum, Glomus clarum and Gigaspora margarita inoculated plants.-
dc.formattext/html-
dc.languagept-
dc.publisherEditora da Universidade Federal de Lavras-
dc.sourceCiência e Agrotecnologia v.32 n.6 2008-
dc.subjectPrunus persica-
dc.subjectEndomicorrizas-
dc.subjectPropagação vegetal-
dc.subjectFisiologia vegetal-
dc.subjectEndomycorrhizae-
dc.subjectPlant propagation-
dc.subjectPlant physiology-
dc.titleIncremento no desenvolvimento do porta-enxerto de pessegueiro "Aldrighi" por fungos micorrízicos arbusculares autóctones-
dc.title.alternativeDevelopment increase of 'Aldrighi' peach rootstocks by indigenous arbuscular mycorrhizal fungi-
dc.typejournal article-
dc.description.resumoObjetivou-se, neste trabalho, avaliar a influência de três espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) isolados de pomares de pessegueiro sobre o crescimento vegetativo, nutrição mineral e substâncias de reserva em plantas do porta-enxerto de pessegueiro cv. Aldrighi [Prunus persica (L.) Batsch]. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com dez plantas por parcela e quatro repetições. As plantas inoculadas com Glomus etunicatum apresentaram maior altura, diâmetro, área foliar, biomassa fresca e seca, nutrição mineral e substâncias de reserva da parte aérea, enquanto as inoculadas com Glomus clarum induziram um crescimento intermediário, superior àquelas inoculadas com Gigaspora margarita, que apresentaram resultados semelhantes às plantas não inoculadas. O desempenho foi relacionado com as taxas de colonização que nas plantas inoculadas com Glomus etunicatum e Glomus clarum foram de 92% e 77% respectivamente, enquanto Gigaspora margarita colonizou somente 30% das raízes.-
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.