Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6943

Título: Abelhas (Hymenoptera: Apoidea) visitantes das flores de gliricídia no Recôncavo Baiano
Título Alternativo: Bees (Hymenoptera: Apoidea) visitors of gliricidia flowers (Gliricidia sepium (Jacq.) Stend.) in the Reconcavo Baiano region
Autor(es): Carvalho, Carlos Alfredo Lopes de
Oliveira, Gabriela Andrade de
Oliveira, Mayana Matos
Sant'anna, Ygor Pereira de
Machado, Cerilene Santiago
Assunto: Insecta
Gliricidia sepium
Abelhas sem-ferrão
Meliponinae
Stingless bees
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2009
Referência: CARVALHO, C. A. L. de et al. Abelhas (Hymenoptera: Apoidea) visitantes das flores de gliricídia no Recôncavo Baiano. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 2, p. 606-610, mar./abr. 2009.
Resumo: Objetivou-se, nesse trabalho, obter informações sobre a diversidade de abelhas visitantes em gliricídia (Gliricidia sepium (Jacq.) Stend.), na região do Recôncavo Baiano. As espécies visitantes nas flores foram coletadas, no período de setembro a novembro de 2005. Definiu-se, aleatoriamente, 15 inflorescências por intervalo de hora para a coleta efetiva das abelhas, sendo utilizado um minuto por inflorescência, ao longo do intervalo de 07:00 às 18:00 horas, durante o período de floração. Um total de 10 espécies foram identificadas, sendo que Apis mellifera foi a espécie mais abundante, com freqüência relativa igual a 25,40 %, seguida da Trigona spinipes (23,81 %), Nannotrigona testaceicornis (14,28 %), Xylocopa grisescens e Trigona fuscipennis (ambas com 12,70 %). O pico de visita das abelhas ocorreu das 10:01 às 11:00 horas. A. mellifera, T. spinipes e N. testaceicornis foram consideradas as espécies com potencial para a polinização das flores de gliricídias, na região do Recôncavo Baiano.
Abstract: The focus of this paper was to get information about the diversity of bees visiting Gliricidia sepium (Jacq.) Stend. in the Recôncavo Baiano region. The species visiting the flowers were collected in the period from September to November 2005. For the collection of the bees, 15 inflorescences were defined randomly per hour, one minute being used per inflorescence, throughout the interval from 07:00 a.m. to 06:00 p.m., during the blooming period. A total of ten species were identified, Apis mellifera being the most abundant species, with relative frequency equal to 25.40%, followed by Trigona spinipes (23.81%), Nannotrigona testaceicornis (14.28%), Xylocopa grisescens, and Trigona fuscipennis (both with 12.70%). The peak of bee visits occurred from 10:01a.m. to 11:00 a.m. A. mellifera, T. spinipes, and N. testaceicornis were considered the species with potential for the pollination of Gliciridia sepium flowers in the region of the Recôncavo Baiano.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000200038
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback