Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6955

Título: Efeito de isolados de Paecilomyces lilacinus no desenvolvimento de cafezais e na população de Meloidogyne paranaensis
Título Alternativo: Effect of isolates of Paecilomyces lilacinus on the development of coffee plantations and on the population of Meloidogyne paranaensis
Autor(es): Cadioli, Marina Capparelli
Santiago, Débora Cristina
Oliveira, Arian Derdote de
Paes, Vanessa dos Santos
Arieira, Giovani de Oliveira
Baida, Fernando Cesar
Assunto: Controle Biológico
Paecilomyces lilacinus
Meloidogyne paranaensis
Biological control
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2009
Referência: CADIOLI, M. C. et al. Efeito de isolados de Paecilomyces lilacinus no desenvolvimento de cafezais e na população de Meloidogyne paranaensis. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 3, p. 713-720, maio/jun. 2009.
Resumo: Com a finalidade de diminuir as perdas causadas pelos nematóides do gênero Meloidogyne (Goeldi, 1887) na cultura do cafeeiro, dentre as diversas medidas de manejo, o controle biológico com o fungo Paecilomyces lilacinus (Thom., 1910) Samson, 1974 se destaca como uma alternativa de controle vantajosa, quer dos pontos de vista ecológico ou econômico. Assim, neste trabalho, objetivou-se avaliar a eficiência de 10 isolados de Paecilomyces lilacinus no controle de Meloidogyne paranaensis em cafeeiro (Coffea arabica L. cv. Icatú), em casa-de-vegetação. No experimento I, as mudas de cafeeiro foram transplantadas em solo onde foram, anteriormente, cultivados tomateiros para multiplicação de M. paranaensis mais 50 g de arroz colonizado com os 10 isolados. No segundo experimento, mudas de cafeeiro foram transplantadas para substrato solo e areia (1:1) juntamente com 50 g de arroz colonizado com os isolados. Em seguida, as mudas foram inoculadas com ± 5000 ovos de M. paranaensis. Nos dois experimentos, após 15 dias procedeu-se aplicação por cobertura de 50 g dos isolados. O delineamento foi inteiramente casualizado com 12 tratamentos. Após 90 dias, foram feitas as avaliações. Os isolados de P. lilacinus não afetaram o diâmetro do caule de cafeeiro. No experimento I, os isolados Pae 22, 24 e 28 promoveram o crescimento dos cafeeiros; todos os isolados reduziram a população de ovos no sistema radicular; e os isolados Pae 3 e 12 reduziram a população de J2 de M. paranaensis no solo. No experimento II, os isolados Pae 03, 10, 12 e 13 favoreceram o crescimento das plantas, mas reduziram o peso fresco do sistema radicular; todos os isolados reduziram a população de J2 no solo; e os isolados Pae 3, 10, 13, 18, 22 e 24 reduziram as malformações causadas por M. paranaensis nas raízes.
Abstract: In order to reduce the losses caused by nematodes of the genus Meloidogyne (Goeldi, 1887) in coffee plantation, among several management measures, biological control with the fungus Paecilomyces lilacinus (Thom., 1910) Samson, 1974 stands out as an advantageous alternative of control, from the ecological or economy points of view. Thus, the objective of this work was to evaluate ten isolates of Paecilomyces lilacinus in the control of Meloidogyne paranaensis in coffee trees (Coffea arabica L.) cv. Icatú, in greenhouse conditions. In the first experiment, the coffee seedlings were transplanted to substrate where tomato plants were previously cultivated, for M. paranaensis multiplication. The soil was mixed with 50 g rice colonized with ten isolates of P. lilacinus. In the second experiment, coffee seedlings were transplanted to substrate (1 sand: 1 dirt) with 50 g rice colonized with the isolates of P. lilacinus. Then, the seedlings were inoculated with suspension of ±5000 eggs of M. paranaensis. In the two experiments, a new application was made with 50 g of the isolates after fifteen days. The design was completely randomized with twelve treatments and ten replicates. After 90 they days were evaluated. The isolated of P. lilacinus did not affect the diameter of the coffee stalk. In the first experiment, the isolates Pae 22, 24, and 28 promoted the growth of the seedlings, all of the isolates reduced the population of eggs in the root system, and the isolates Pae 3 and 12 reduced the population of J2 of M. paranaensis in the soil. In the second experiment, the isolates Pae 3, 10, 12, and 13 favored the growth of the plants but reduced the weight of the fresh roots, all of the isolates reduced the population of J2 in the soil, and the isolates Pae 3, 10, 13, 18, 22, and 24 reduced the malformations caused by M. paranaensis roots.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000300008
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback