Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6980

Título: Growth and survival of tilapia Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) submitted to different temperatures during the process of sex reversal
Título Alternativo: Crescimento e sobrevivência de tilápias Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) submetidas a diferentes temperaturas durante o processo de inversão sexual
Autor(es): Drummond, Cristina Delarete
Murgas, Luis David Solis
Vicentini, Bruno
Assunto: Tilapia
17α-methyltestosterone
Peixe – Reprodução
17α-metiltestosterona
Fishes – Reproduction
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2009
Referência: DRUMMOND, C. D.; MURGAS, L. D. S.; VICENTINI, B. Growth and survival of tilapia Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) submitted to different temperatures during the process of sex reversal. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 3, p. 895-902, maio/jun. 2009.
Resumo: Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a técnica de inversão sexual utilizando hormônio 17α-metiltestosterona (MT), submetidas à modificação da temperatura de estocagem das pós-larvas de tilápia, visando obter os melhores dados de inversão sexual aliado à performance de crescimento e sobrevivência das pós-larvas. O experimento foi conduzido na Estação de Piscicultura da UFLA, utilizando pós-larvas (0,008 ± 0,002 g e 0,9 ± 0,1 cm) de tilápia em delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x4, com 4 temperaturas (26º, 28º, 30º e 32ºC) e 4 doses hormonais (0, 20, 40 e 60mg de MT/kg de ração) durante 28 dias, com 5 repetições. À medida que se elevou a temperatura, a taxa de ganho de peso, o tamanho e a sobrevivência foram maiores (p<0,01); entretanto, esse aumento na temperatura não foi suficiente para alterar a proporção de machos (p>0,01), que ocorreu apenas em função do hormônio utilizado. A dose de 40 mg de MT/kg de ração proporcionou resultados semelhantes aos da dose de 60 mg de MT/kg de ração. Portanto, a faixa de temperatura entre 26º e 32ºC não influencia na taxa de inversão sexual, mas temperaturas em torno de 30ºC melhoram o desempenho das tilápias quanto ao crescimento e à sobrevivência, e a dose de 40 mg de MT/kg de ração é suficiente para a obtenção de populações monossexo.
Abstract: The objective of this research was to evaluate the sex reversal technique using 17α--methyltestosterone (MT) hormone, submitted to temperature modification of fry Nilo tilapia storage, aiming to get the data of sex reversal combined with growth performance and fry survival. The experiment was performed at UFLA Fish Culture Station, using tilapia fry (0,008 ± 0.002 g e 0,9 ± 0.1 cm) obeying a totally randomized experimental delineation in a factorial scheme 4x4, in 4 temperatures (26º, 28º, 30º, 32ºC) and 4 hormonal doses (0, 20, 40, 60mg of MT/kg of ration) during 28 days, with 5 repetitions. As temperature raised, weight gain rate, size and survival increased (p<0.01); however, this temperature raise was not effective in modifying males ratio (p>0.01), which occurred only due to the used hormone treatment. The dose of 40 mg of MT/kg of ration provided similar results to those of 60mg of MT/kg of ration. Hence, the temperature band from 26º to 32ºC does not affect sex reversal rate, but temperatures around 30ºC improves the performance of tilapias related to the growth and survival, and the dose of 40 mg of MT/kg of ration is enough to achieve monosex populations.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000300033
Idioma: en
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback