Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6997

Título: Rendimento, teores de óleo e proteínas de quatro cultivares de soja, produzidas em dois locais no estado do Mato Grosso do Sul
Autor(es): Minuzzi,Andréia
Rangel,Marco Antônio Sedre
Braccini,Alessandro de Lucca e
Scapim,Carlos Alberto
Mora,Freddy
Robaina,Antonio Dias
Assunto: Glycine max (L.) Merrill
produtividade
composição química
colheita
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2009
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000400015
Informações adicionais: Neste trabalho, objetivou-se avaliar o rendimento, teores de óleo e de proteínas nas sementes de quatro cultivares de soja, colhidas em quatro épocas, produzidas em dois locais (Sidrolândia e Dourados) no Estado do Mato Grosso do Sul e em dois anos agrícolas (2004/05 e 2005/06). O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com três repetições e tratamentos arranjados no esquema de parcelas subdivididas. As parcelas foram constituídas pelas cultivares de soja (BRS 133, BRS 206, BRS 239 e CD 202) e as subparcelas pelas épocas de colheita (R7 e 7, 14 e 21 dias após o primeiro período). Os dados coletados nos diferentes locais foram submetidos à análise de variância conjunta de parcelas subdivididas e, na presença de interação significativa, foram realizados os desdobramentos necessários para os dois anos agrícolas, separadamente. Avaliaram-se o rendimento de sementes e a determinação de óleo e de proteínas brutas. No ano agrícola 2004/05, em ambos os locais, as cultivares BRS 206, BRS 239 e CD 202 apresentaram as maiores produtividades. No ano agrícola 2005/06, houve diferença significativa entre locais e Sidrolândia obteve maior rendimento que Dourados, para as quatro cultivares avaliadas. O maior teor de proteínas foi observado na cultivar BRS 206 (35%) e o menor na cultivar CD 202 (31%). A cultivar CD 202 apresentou o maior teor de óleo (22%) e a cultivar BRS 206 foi a que apresentou o menor valor (18%).
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback