Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7025

Título: Osmocondicionamento de sementes de salsa (Petroselinum sativum Hoffm.) em diferentes potenciais hídricos
Título Alternativo: Osmopriming of parsley seeds (Petroselinum sativum Hoffm.) under different water potentials
Autor(es): Rodrigues, Adriana Paula D'Agostini Contreiras
Laura, Valdemir Antônio
Chermouth, Katyuce da Silva
Gadum, Juliana
Assunto: Petroselinum sativum
Condicionamento osmótico
Germinação
Velocidade de germinação
Priming
Germination
Germination speed
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2009
Referência: RODRIGUES, A. P. D. C. et al. Osmocondicionamento de sementes de salsa (Petroselinum sativum Hoffm.) em diferentes potenciais hídricos. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 5, p. 1288-1294, set./out. 2009.
Resumo: A germinação de sementes de salsa (Petroselinum sativum Hoffm.) é lenta e desuniforme, sendo a contagem do teste padrão de germinação recomendada aos 10 e 28 dias e a emergência em campo é relativamente longa, justificando o uso de técnicas que acelerem e uniformizem o processo germinativo: um método promissor é o osmocondicionamento. No presente trabalho, objetivou-se avaliar os efeitos dos diferentes potenciais de osmocondicionamento, com PEG 6000, na germinação de sementes de salsa e identificar o potencial osmótico ótimo para aumentar a germinação destas sementes. Sementes das cultivares Lisa e Portuguesa de dois lotes, adquiridas no comércio local foram osmocondicionadas pelo método de imersão direta das mesmas em soluções aquosas com potencial hídrico: 0,0, -0,5, -1,0 e -1,5 MPa, obtidos com a adição de PEG 6.000, sob aeração constante a 25ºC por 144 horas, como testemunha utilizaram-se sementes não osmocondicionadas. As variáveis analisadas foram: porcentagem de germinação (10 e 28 dias), velocidade de germinação e índice de velocidade de germinação. O osmocondicionamento aumenta a porcentagem e a velocidade de germinação de sementes de salsa, sendo que, o potencial osmótico indicado situa-se entre -1,0 e -1,5 MPa.
Abstract: The germination of parsley seeds (Petroselinum sativum Hoffm.) is slow and asynchronous, being that the counting of the test germination standard is recommended on the 10th and 28th day. In field emergence is relatively long; which justifies the use of techniques that increase germination speed and uniformity. A promising method is osmopriming. In the present study, our goal was to evaluate the effect of different potentials of osmopriming, with PEG 6000, in the germination of parsley seeds, and to identify optimum osmotic potential to increase the germination of these seeds. Parsley seeds of the Lisa and Portuguesa cultivars from two lots were bought locally and were primed by the method of direct immersion of the seeds in water solutions with osmotic potential: 0.0, -0.5, -1.0 and -1.5 MPa, obtained with the addition of PEG 6,000, under constant aeration at 25ºC for 144 hours, with one control (unprimed seeds). Percentage of germination (at 10 and 28 days), index of germination speed, and speed of germination were evaluated. Osmopriming increased the speed and percentage of germination of parsley seeds, being that the indicated osmotic potential is between -1.0 and -1.5 MPa.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000500013
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback