Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7041

Title: Casca de café melosa ensilada na alimentação de suínos na fase inicial
Other Titles: Sticky coffee hull silage on pig starter feeding
???metadata.dc.creator???: Carvalho, Paulo Levi de Oliveira
Moreira, Ivan
Paiano, Diovani
Mourinho, Fábio Lima
Oliveira, Gisele Cristina de
Kuroda Junior, Ilton Shiguemi
Keywords: Alimentos alternativos
Desempenho
Digestibilidade
Leitões
Alternative feedstuffs
Digestibility
Performance
Piglets
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Oct-2009
Citation: CARVALHO, P. L. de O. et al. Casca de café melosa ensilada na alimentação de suínos na fase inicial. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 5, p. 1400-1407, set./out. 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: Dois experimentos foram conduzidos, objetivando determinar o valor nutricional e verificar o desempenho de leitões na fase de inicial, alimentados com rações contendo casca de café melosa ensilada (CCEn). Os alimentos estudados foram casca de café melosa (CCM) e CCEn. No Experimento I, foi conduzido um ensaio de digestibilidade utilizando 15 suínos mestiços, machos castrados, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. A CCM foi moída em peneira de diâmetro de 4 mm e ensilada com a adição de 30% de água e inoculante enzimo-bacteriano. De forma geral, o processo de ensilagem não melhorou a digestibilidade da casca de café melosa. No Experimento II, foram utilizados 60 leitões (15,52 ± 2,19 a 32,52 ± 3,51 kg), distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (0, 4, 8, 12 e 16% de CCEn), seis repetições e dois animais por unidade experimental. Não foi verificado efeito da inclusão de CCEn sobre o consumo diário de ração, ganho diário de peso, conversão alimentar e nitrogênio da uréia plasmática. Conclui-se que a casca de café melosa ensilada apresenta bom valor nutricional e pode ser utilizada em até 16% na alimentação de leitões na fase inicial (15-30 kg), sem prejuízo no desempenho, entretanto deve-se avaliar a viabilidade econômica em função da relação de preços dos ingredientes utilizados.
Abstract: Two experiments were carried out aiming to determine the nutritional value and to verify performance of starting piglets, fed on sticky coffee hull silage (SCHS) diets. The evaluated feeds were sticky coffee hull (SCH) and SCHS. In the Experiment I, a digestibility trial was carried out using fifteen crossbreed barrows, allotted in a completely randomized design. The SCH was ground on a 4 mm screen-opening diameter and was ensilaged with 30% water and enzymatic-bacterial inoculants. In general, the process of ensilage did not improve the SCHS digestibility. In the Experiment II, 60 piglets (15.52 ± 2.19 to 32.52 ± 3.51 kg) were used, allotted in a completely randomized design with five treatments (0, 4, 8, 12, and 16% SCHS), six replicates and two pigs per pen (experimental unit). There were no effects of SCHS inclusion on daily feed intake, daily weight gain, feed to gain ratio and plasma urea nitrogen. It is concluded that SCHS has good nutritional value and can be included up to 16% in starting piglets (15-30 kg) diets without impairing performance, however the economical feasibility of using SCHS will depend on the price of the feedstuffs.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000500029
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback