Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7104

Título: Estratificação à frio de sementes de 'Japonês', porta-enxerto para marmeleiros
Título Alternativo: Cold stratification of seeds of 'Japonês', rootstock for quince tree
Autor(es): Entelmann, Fábio Albuquerque
Pio, Rafael
Chagas, Edvan Alves
Scarpare Filho, João Alexio
Alvarenga, Ângelo Albérico
Abrahão, Enilson
Assunto: Chaenomeles sinensis
Produção de mudas
Conservação de sementes
Seedlings production
Seeds conservation
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jan-2009
Referência: ENTELMANN, F. A. et al. Estratificação à frio de sementes de 'Japonês', porta-enxerto para marmeleiros. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, p. 1877-1882, 2009. Edição especial.
Resumo: Neste trabalho, objetivou-se avaliar a influência do período de estratificação à frio-úmido de sementes do marmeleiro 'Japonês' (Chaenomeles sinensis Koehne), durante período de emergência e o desenvolvimento das plântulas. As sementes foram extraídas dos frutos, lavadas em água corrente e secas à sombra por 48 horas. Em seguida, foram colocadas em placas de Petri submersas em água, entre camadas de algodão umedecido e entre camadas de umedecida e deixadas para estratificação a frio em câmara do tipo B.O.D. em temperatura de 4ºC, por diferentes períodos (0, 10, 20, 30, 40, e 60 dias). Ao final de cada período, as sementes foram distribuídas em bandejas de poliestireno de 72 células, contendo como substrato a vermiculita. Dez dias após a semeadura, efetuaram-se seis contagens, a cada dez dias, da porcentagem de emergência e aos 60 dias mensurou-se o número médio de folhas, altura média da parte aérea, comprimento médio da raiz e massa seca média da parte aérea e das raízes. Concluiu-se que as sementes do marmeleiro 'Japonês' devem ser estratificadas em algodão úmido por 60 dias.
Abstract: The objective of the present work was to verify the influence of cold stratification of 'Japonês' quince tree seeds (Chaenomeles sinensis Koehne), in the emergence of seedlings and development. Seeds were collected from fruits, rinsed in water, and dried for 48 hours. The seeds were placed in Petri plates under moistened cotton, sand and water, submitted to cold stratification in B.O.D. (at 4ºC) at different days (0, 10, 20, 30, 40, 50, and 60 days). At the end of each period, the seeds were sowed in 72-cell polystyrene trays containing vermiculite as substrate. After ten days, six evaluations of performed for emergence percentage per ten days were evaluated and at the end of 60 days, the average number of leaves, medium length of the aerial part and radicular system, medium dry mass of the sprouting and radicular system were evaluated. On concluded that the 'Japonês' quince tree seeds shold be stratified in humidified cotton for 60 days.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000700030
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback