Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7113

Título: Intensidade do oídio Microsphaera diffusa Cke. & Pk. em cultivares de soja [Glycine max (L.) Merr.] sob diferentes temperaturas e períodos de molhamento foliar
Título Alternativo: Effects of temperature and leaf wetness period in powdery mildew Microsphaera diffusa Cke. & Pk. intensity in soybean [Glycine max (L.) Merr.] cultivars
Autor(es): Alves, Marcelo de Carvalho
Pozza, Edson Ampélio
Costa, João de Cássia do Bomfim
Ferreira, Josimar Batista
Araújo, Dejânia Vieira de
Assunto: Soja - Doenças e pragas
Curva de progresso da severidade
Soybean - Diseases and pests
Progress curve for severity
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jan-2009
Referência: ALVES, M. de C. et al. Intensidade do oídio Microsphaera diffusa Cke. & Pk. em cultivares de soja [Glycine max (L.) Merr.] sob diferentes temperaturas e períodos de molhamento foliar. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, p. 1926-1930, 2009. Edição especial.
Resumo: Objetivou-se, neste trabalho, verificar o efeito da temperatura e do período de molhamento foliar no progresso da severidade do oídio Microsphaera diffusa Cke. & Pk., nas cultivares de soja Conquista e Suprema [Glycine max (L.) Merr.]. As plantas foram inoculadas em casa-de-vegetação por agitação de plantas doentes sobre plantas sadias no estádio vegetativo V3. Em seguida foram colocadas, ao acaso, em câmaras de crescimento vegetal, nas temperaturas de 15, 20, 25 e 30°C e períodos de molhamento foliar de 0, 6, 12, 18 e 24 h. Dados da severidade foram utilizados para avaliar o progresso da doença e integrados ao longo do tempo por meio da área abaixo da curva de progresso da severidade (AACPS). Modelos de regressão não-linear foram ajustados para AACPS. O progresso da intensidade do oídio (AACPS) nas cultivares Conquista e Suprema foi favorecido por temperaturas próximas a 23ºC e 24ºC, respectivamente. Períodos de molhamento foliar de 8h proporcionaram o progresso máximo da severidade da doença na cultivar Conquista sob temperatura de 23ºC. Temperaturas próximas de 30ºC e de 15ºC reduziram a intensidade da doença.
Abstract: In this study the effects of temperature and leaf wetness period in the severity progress of Powdery Mildew Cke. & Pk. in soybean cultivars Conquista and Suprema [Glycine max (L.) Merr.] were evaluated. Plants at the V3 stage were inoculated in greenhouse. Subsequently, they were conditioned into growth chambers at temperatures of 15, 20, 25 and 30°C and leaf wetness periods of 0, 6, 12, 18 and 24 hours. Severity data were integrated in time by the disease progress curve for severity (AUDPCS). Non-linear regression models were adjusted for the disease intensity. Temperatures near 23ºC and 24ºC favored the powdery mildew intensity progress (AUDPCS) in Conquista and Suprema cultivars, respectively. Leaf wetness period of 8 h allowed the maximum progress of the disease in Conquista at temperatures of 23ºC. Temperatures near 30ºC and 15ºC reduced powdery mildew intensity.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000700039
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback