Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7141

Título: Caracterização dos padrões de estresse hídrico para a cultura do arroz (ciclo curto e médio) no estado de Goiás e suas conseqüências para o melhoramento genético
Autor(es): Heinemann, Alexandre Bryan
Assunto: Modelos de simulação
Cerrado
Oryza sativa
Arroz de terras altas
Crop model
Savannah
Upland rice
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Fev-2010
Referência: HEINEMANN, A. B. Caracterização dos padrões de estresse hídrico para a cultura do arroz (ciclo curto e médio) no estado de Goiás e suas conseqüências para o melhoramento genético. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 1, p. 29-36, jan./fev. 2010.
Resumo: O estresse por deficiência hídrica é considerado como a maior restrição na produção e estabilidade da produtividade de culturas em muitas regiões do mundo. No Estado de Goiás predomina a produção de arroz de terras altas em sequeiro, sendo comum essa cultura sofrer períodos de deficiência hídrica ao longo do ciclo, que podem reduzir a produtividade. No processo de desenvolvimento de novas variedades, genótipos são selecionados em função de sua adaptabilidade em um determinado ambiente alvo. Assim, programas de melhoramento vegetal requerem informações sob a probabilidade de ocorrência e intensidade dos padrões de deficiência hídrica, associada as diferentes fases de desenvolvimento da cultura. Um modelo de simulação de culturas foi utilizado para determinar os padrões de deficiência hídrica no Estado de Goiás, considerando 12 locais e seis diferentes datas de semeadura para o arroz de ciclo curto e médio. Para ambos, as variedades estudadas, arroz ciclo curto e médio, quando semeados nas épocas favoráveis e sem impedimento ao desenvolvimento do sistema radicular, o estresse por deficiência hídrica não é uma restrição ao desenvolvimento da cultura no Estado de Goiás.
Abstract: Drought stress is a major constraint to crop production and yield stability in many regions of the world. In the state of Goiás, most of the rice crop system is rainfed. In a plant breeding program, new genotypes are selected as a result of their adaptability for a determined environment. Therefore, a plant breeding program needs information about drought frequency as well as its characteristics, intensity, and time during crop development. A crop simulation model was used to determine patterns of drought stress for 12 locations and six different planting dates for short and medium cycle rice. For upland rice, short and medium cycle, in favourable conditions (no soil impediment), drought stress is not a main constraint for the rice development in the state of Goiás.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000100003
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback