Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7143

Title: Comparação entre métodos de estimação do coeficiente de endogamia com dados de frequências alélicas em uma população diplóide
Other Titles: Comparison among inbreeding coefficient estimation methods in a diploid population with two alleles
???metadata.dc.creator???: Muniz, Joel Augusto
Costa, Gabriela Quandt
Reis, Ricardo Luis
Veiga, Ruben Delly
Keywords: Método dos momentos
Método da máxima verossimilhança
Análise de variância de freqüências alélicas
Tamanho amostral
Viés
Coeficiente de endogamia
Moment method
Maximum likelihood method
Variance analysis of allelic frequencies
Sample size
Bias
Inbreeding coefficient
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Feb-2010
Citation: MUNIZ, J. A. et al. Comparação entre métodos de estimação do coeficiente de endogamia com dados de frequências alélicas em uma população diplóide. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 1, p. 43-54, jan./fev. 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: Neste trabalho, objetivou-se comparar três estimadores do coeficiente de endogamia, F, em uma população diplóide com dois alelos, utilizando-se dados de frequências alélicas em amostras de indíviduos, com diferentes tamanhos obtidas em populações simuladas, por meio do software SAS. Foi avaliado o estimador de F, obtido pela análise de variância de frequências alélicas, o estimador considerando o método dos momentos e o estimador pelo método da máxima verossimilhança. Os resultados encontrados para a média e variância os estimadores, a partir de 1000 estimativas de F, calculadas para cada tamanho de amostra, mostraram que os três estimadores são tendenciosos. Entretanto, de maneira geral, observou-se que o estimador considerando a análise de variância foi menos tendencioso e apresentou menor variância, quando o coeficiente de endogamia da população foi alto. Para tamanho de amostra superior a 50, os três estimadores tiveram comportamento semelhante, independente da frequência alélica e da endogamia da população.
Abstract: The present work evaluated the properties of three estimators of the inbreeding coefficient, F, in a diploid population with two alleles, using data of gene frequencies in individuals from random samples obtained from populations simulated through the SAS. We evaluated the estimators of F obtained by variance analysis of allelic frequencies, obtained by moment method, and estimator obtained by maximum likelihood method. The analysis of the means and variances of the estimators, obtained from 1000 estimates of F, calculated for each sample size, demonstrated that the three estimators were biased. However, it was observed that the estimator obtained from univariate analysis was less biased and presented smaller variance, when the inbreeding coefficient in the population was elevated, while for populations with low inbreeding, the variance of the estimator obtained by the multivariate analysis was smaller.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000100005
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback